Leia o novo conto de Sherlock Holmes encontrado na Escócia

sherlock_conto
(Foto: SWNS/http://www.telegraph.co.uk/)

x
Uma notícia improvável foi divulgada essa semana na Inglaterra. Foi encontrado um conto inédito de Sherlock Holmes, escrito pelo próprio Arthur Conan Doyle e datado de 1904.

Ocorre que Doyle foi um dos colaboradores de uma ação coletiva em Selkirk, uma cidadezinha no sudeste da Escócia. O objetivo era angariar fundos para a reconstrução da ponte local de madeira, destruída após uma inundação em 1902. Conan Doyle gostava de visitar a região, e quis ajudar de alguma forma. Sua contribuição foi, claro, com um conto detetivesco, que integrou a coleção do livro de contos “The Book o’ the Brig”.

selkirk
A cidade de Selkirk, na Escócia. (Foto: http://www.thisisnorthumberland.com/borders-towns/selkirk/)

“Meu caro Watson, é tudo uma questão de dedução”

Quem reencontrou este exemplar raro foi Walter Elliot, um historiador de 80 anos que diz ter recebido o livro de 48 páginas de presente de um amigo, e guardado por anos no próprio sótão. Ele havia esquecido do livro até então.

Esta é a primeira história inédita de Sherlock Holmes em 80 anos. Só a história da descoberta já dá uma história e tanto. As informações são do jornal The Telegraph.

Leia o conto aqui (em inglês)

ana2

Compartilhe aqui!

Ana Paula Laux

Jornalista. Trabalha com curadoria de informação, gestão de mídias sociais e criação de conteúdo digital. Em 2014, lançou o e-book "Os Maiores Detetives do Mundo" (Chris Lauxx).

2 comentários em “Leia o novo conto de Sherlock Holmes encontrado na Escócia

  • fevereiro 28, 2015 em 4:24 pm
    Permalink

    Olá Ana Paula, gostaria de compartilhar com vocês o que talvez seja a primeira tradução para o português dessa história encontrada:
    Trecho:
    Sherlock Holmes – Descobrindo as Vilas da Fronteira e por Dedução, o Bazar da Ponte
    – Já tivemos o bastante de romancistas antigos e homens de viagem – disse o editor enquanto revisava e editava sua cópia e fazia os arranjos para a grande edição de sábado do Livro do Bazar. – Queremos algo atualizado. Por que não ter uma palavra do “Sherlock Holmes”?
    Os editores só precisam falar e esta tudo feito, pelo menos assim eles pensam. – Sherlock Holmes! – Tal como se falasse de entrevistar o Homem na Lua. Mas não dá para dizer aos editores tudo que você pensa. Eu não tinha quaisquer objeções, assegurei o editor, para prender a atenção de “Sherlock Holmes”, mas pra fazer isso eu teria que ir para Londres.
    (ver mais em: http://traduzireis.blogspot.pt/2015/02/sherlock-holmes-descobrindo-as-terras.html)

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Que tal assinar a nossa newsletter?

Holler Box