A Noite da Encruzilhada, de Georges Simenon

encruzilhada3

 

maigret_clipartEm A noite da encruzilhada (Companhia das Letras, 2014), Maigret não percorre as vielas de Paris sondando suspeitos e interrogando testemunhas, tão pouco descansa os ossos nalguma mesa da Brasserie Dauphine, regado a sanduíches e cerveja no cantinho geralmente reservado a ele no restaurante. Não há dias luminosos nesse romance policial de 1931, um dos primeiros a trazer o personagem. Pelo contrário, eles são enevoados e cinzentos, úmidos como o orvalho da manhã.

Na sinopse, Maigret investiga como o corpo de um comerciante de diamantes aparece misteriosamente na casa de campo de Carl Andersen, um milionário dinamarquês que vive recluso com a irmã. Ninguém na localidade isolada de Arpajon, a 37 km de Paris, consegue explicar o fato, tão pouco viu ou ouviu algo que contribua para solucionar o caso. Maigret, intuitivo como sempre, sente o cheiro de mentira no ar e vaga pelo livro identificando distorções nas versões dos envolvidos, que são o dono da casa, sua irmã e vizinhos das redondezas.
x

COMPRE O LIVRO – A Noite da Encruzilhada

A encruzilhada do título é conhecida por “Encruzilhada das Três Viúvas”, um perímetro que abriga três casas adjacentes: uma oficina de carros, uma casa de pedra no melhor estilo casa de campo e outra casa a duzentos metros da última, de muro alto, telhado de ardósia e várias árvores ornamentais. É nesse Triângulo das Bermudas que transcorre praticamente toda a investigação policial.

A personalidade de Maigret foi sendo moldada com o tempo, certamente pelos 75 romances policiais criados por Simenon. Neste livro suas falas breves, seu jeito lacônico e desconfiado e seus silêncios pensativos já despontam. Simenon trabalhou continuamente na concepção de Maigret, sempre descrevendo cenários com muita sensibilidade. Uma de suas especialidades eram mesmo as ricas descrições de Paris e dos cenários bucólicos frequentados pelo comissário, fotografias praticamente líricas de uma época.

Essa história já foi parar no cinema e também na TV. O primeiro filme foi feito na França em 1932, com direção de Jean Renoir e Pierre Renoir – ambos filhos do pintor impressionista. Pierre viveu o comissário Maigret. Na TV, um dos intérpretes foi Jean Richard, na também francesa “Les Enquêtes du commissaire Maigret” (1967 – 1990). No youtube há episódios completos do programa, porém em francês e sem tradução. A seguir, um trecho do início desse episódio com a polícia examinando o corpo do comerciante, interrogando os envolvidos e a chegada de Maigret ao local: https://www.youtube.com/watch?v=-5K8GwgJcjI

Quem prefere romances policiais mais no estilo de Agatha Christie, onde a solução do mistério é fundamental para a história, talvez não se encante a princípio pelas fábulas de Maigret. Mas para aqueles que gostam de viajar no tempo, de encontrar paisagens e figuras particulares e uma narração policial mais sensível, é um bom livro para abrir as portas ao clássico detetive parisiense.

star3

COMPRE O LIVRO – A Noite da Encruzilhada

Título: A noite da encruzilhada
Autor: Georges Simenon
Editora: Companhia das Letras
Páginas: 144
Ano: 2014
Este livro no Skoob

SINOPSE – Georges Simenon reinventou a literatura de mistério. Antes dele, o que definia os romances do gênero era a busca pelo assassino. O escritor deixava uma série de pistas ao longo do livro e cabia ao leitor, ao fim, juntar as peças para tentar adivinhar a identidade do criminoso. Em A noite da encruzilhada, Maigret tenta desvendar os motivos da morte de um vendedor de diamantes. O corpo foi encontrado na mansão de Carl Andersen, um milionário dinamarquês, mas Maigret o interroga por dezessete horas, sem sucesso. Talvez a irmã dele, Else, que vive trancada num quarto da mansão, tenha a chave para o mistério. O projeto gráfico da coleção, o mesmo no Brasil, nos Estados Unidos e na Inglaterra, é coordenado pela Companhia das Letras. As capas são de Alceu Chiesorin Nunes, diretor de arte da editora

Compartilhe aqui!
  • 5
    Shares

4 comentários em “A Noite da Encruzilhada, de Georges Simenon

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Error: Access Token is not valid or has expired. Feed will not update.
This error message is only visible to WordPress admins

There's an issue with the Instagram Access Token that you are using. Please obtain a new Access Token on the plugin's Settings page.
If you continue to have an issue with your Access Token then please see this FAQ for more information.