A Garota no Trem, de Paula Hawkins

IMG_20151019_085320241

 

O QUE ELA VIU? – Viciante é um bom adjetivo para A Garota no Trem, thriller de suspense de Paula Hawkins lançado no Brasil pela Editora Record. A trama tem uma pegada a la Hitchcock e é narrada por três mulheres em tempos distintos.

Tal como o confinado fotógrafo Jeffries em Janela Indiscreta, a protagonista Rachel passa parte do tempo observando casas do subúrbio onde costumava morar pela janela de um trem, presa no seu mundinho solitário e vazio. No trajeto que faz pela manhã até Londres e no fim do dia para onde mora, em Ashbury, ela se apega a um casal em especial (cria até nomes imaginários para os dois), atraída pela vida aparentemente ideal que eles levam.

Inconformada com o próprio divórcio, alcoólatra e com problemas de auto-estima, Rachel faz uma projeção da vida que gostaria de ter mantido com o ex-marido ao acompanhar a relação do casal desconhecido. Até que um belo dia (cinzento, no caso de Londres) ela testemunha uma cena intrigante da janelinha do trem, algo que envolve a mulher da casa que ela espia diariamente. Dias depois, a mesma mulher é dada como desaparecida pela polícia e Rachel se vê na obrigação de ajudar a encontrá-la.

As outras duas narradoras são a própria mulher desaparecida e a esposa do ex-marido de Rachel, que expõem sentimentos e confissões sob pontos de vista distintos e cujas histórias se encontram no final do livro. Cada personagem faz sentido e sustenta, em um momento ou outro, diálogos e atitudes suspeitas, o que faz com que não se tenha certeza de nada até de fato entendermos o mistério.

x

“Os buracos na vida são permanentes. É preciso crescer ao redor deles, como raízes de árvore ao redor do concreto; você se molda a partir das lacunas.”

x

O modo como Paula Hawkins conecta os capítulos e atrai a atenção do leitor pro mistério é interessante. A descrição das sensações das personagens, suas fraquezas e desilusões pessoais são bem pontuadas. O começo do livro, no entanto, não me empolgou tanto. Demorei pra engatar na leitura por causa da brincadeira cronológica dos capítulos, mas depois do início a leitura fluiu melhor.

Com uma premissa aparentemente simples, Paula Hawkins criou um véu de suspense ao redor da vida de personagens comuns e imprimiu um ritmo interessante à leitura, deixando o leitor ansioso para chegar no final. Afinal, o que de fato viu a garota lá do trem?

star4

trem2Título: A Garota no Trem
Autora: Paula Hawkins
Editora: Record
Páginas: 378
Este livro no Skoob

SINOPSE – A trama, que gira em torno do desaparecimento de uma jovem mulher, com três narradoras femininas duvidosas, conquistou fãs como o mestre do mistério Stephen King, que publicou em sua conta do Twitter que o “excelente suspense” o manteve acordado a noite inteira: “a narradora alcoólatra é mortalmente perfeita”.

x

x

ana2

Compartilhe aqui!
  • 248
    Shares

Ana Paula Laux

Jornalista. Trabalha com curadoria de informação, gestão de mídias sociais e criação de conteúdo digital. Em 2014, lançou o e-book "Os Maiores Detetives do Mundo" (Chris Lauxx).

4 comentários em “A Garota no Trem, de Paula Hawkins

    • outubro 19, 2015 em 12:06 pm
      Permalink

      Sim, concordo com o que vc escreveu Carol! Tive vários sentimentos pela protagonista tb, tanto de piedade quando de irritação e ainda admiração. A gente se assusta quando, em certos momentos, se identifica com coisas que ela fala/pensa. A grama do vizinho é sempre mais verde, né? Beijos 🙂

      Resposta
  • outubro 19, 2015 em 3:07 pm
    Permalink

    Ótima resenha! O livro é excelente, te prende, e o mérito é da autora que, pela maneira como narra, faz o suspense aumentar. Além disso, adorei a reviravolta nas personagens, nem todo mundo é confiável. Uma trama muito bem elaborada, o final é surpreendente. Adorei msm, obrigada pela resenha!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Error: Access Token is not valid or has expired. Feed will not update.
This error message is only visible to WordPress admins

There's an issue with the Instagram Access Token that you are using. Please obtain a new Access Token on the plugin's Settings page.
If you continue to have an issue with your Access Token then please see this FAQ for more information.