VÍDEO | A guerra que salvou a minha vida, Kimberly Bradley

Num vídeo #offtopic, falamos sobre A guerra que salvou a minha vida, livro de Kimberly Bradley publicado pela Darkside Books. Não é um romance policial, porém é um livro que vai interessar quem gosta de histórias sensíveis e emocionantes, e por isso deixamos essa dica aqui para o leitor que nos acompanha.

A história tem como protagonista uma menina chamada Ada, de dez anos, que nunca saiu de casa por imposição da mãe. Da janela ela vê o irmão menor brincar, correr e pular – coisas que qualquer criança sabe fazer, mas como nasceu com um problema no pé (a mãe a chama de aleijada), ela é mantida confinada no pequeno apartamento e num mundo alheio à realidade.

Ada cuida da casa e do irmão sozinha, além de ter que escapar dos maus-tratos diários que sofre da mãe. Com a iminência da 2ª Guerra Mundial batendo na porta dos londrinos, sua vida irá mudar drasticamente e ela irá conhecer os sentimentos mais profundos e bonitos.

x

Assista à resenha em vídeo

[youtube=https://www.youtube.com/watch?v=D71ayF0gI4I]

Título: A guerra que salvou a minha vida
Autora: Kimberly Bradley
Páginas: 240
Editora: Darkside Books
Este livro no Skoob

SINOPSE – Ada tem dez anos (ao menos é o que ela acha). A menina nunca saiu de casa, para não envergonhar a mãe na frente dos outros. Da janela, vê o irmão brincar, correr, pular – coisas que qualquer criança sabe fazer. Qualquer criança que não tenha nascido com um “pé torto” como o seu. Trancada num apartamento, Ada cuida da casa e do irmão sozinha, além de ter que escapar dos maus-tratos diários que sofre da mãe. Ainda bem que há uma guerra se aproximando. Os possíveis bombardeios de Hitler são a oportunidade perfeita para Ada e o caçula Jamie deixarem Londres e partirem para o interior, em busca de uma vida melhor.

Ana Paula Laux

Jornalista. Trabalha com curadoria de informação, gestão de mídias sociais e criação de conteúdo digital. Em 2014, lançou o e-book "Os Maiores Detetives do Mundo" (Chris Lauxx).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *