Conheça os agentes e serial killers que inspiraram os personagens de Mindhunter

QUEM SÃO ELES? – Muita gente deu nota 10 para Mindhunter, a série da Netflix que aborda casos envolvendo serial killers nos Estados Unidos no final da década de 1970. Na época, ainda não havia estudos sobre o perfil de criminosos deste tipo (eles nem eram chamados de serial killers) e a polícia não conseguia identificá-los em um grupo específico.

Na série, o agente Holden Ford, do FBI, é quem dá início ao estudo de crimes dessa natureza, aliando-se ao agente Bill Tench e à psicóloga Wendy Carr para desenvolver um projeto que identifica o modus operandi dos assassinos e as similaridades entre os crimes. Várias entrevistas em prisões também são mostradas no decorrer dos capítulos, o que faz a gente se perguntar se todos os personagens são baseados em pessoas reais ou se tem alguma ficção envolvida aí. Confira o que descobrimos sobre as inspirações para os personagens de Mindhunter.

 

 

x

AGENTE HOLDEN FORD

(Imagem: Photo: Mindhunters INC./Netflix)

Na série, é um agente especial da Unidade de Ciência do Comportamento do FBI interpretado por Jonathan Groff. Na vida real, Holden é inspirado no agente John E. Douglas, um analista do FBI que foi um dos pioneiros em montar perfis psicológicos de assassinos em série. Seu nome já é conhecido em Hollywood, pois Douglas já teria servido de inspiração para outros personagens, como Jack Crawford em O Silêncio dos Inocentes e em Dragão Vermelho. Em Mindhunter, o agente Holden viaja pelo país para entrevistar alguns dos criminosos mais notórios dos Estados Unidos. Na vida real, Douglas redefiniu o modo de investigar assassinatos em série graças às informações que recolheu de entrevistas com serial killers como David Berkowitz, John Wayne Gacy, Charles Manson, Richard Speck e Edmund Kemper. Douglas também inspirou outros personagens de séries, como Jason Gideon e David Rossi, de Criminal Minds.

x

AGENTE BILL TENCH

(IMAGEM: Photo: Getty Images/Netflix)

Vivido por Holt MaCallany, ele também é um agente especial da Unidade da Ciência do Comportamento do FBI. É inspirado em Robert K. Ressler, um agente que se juntou ao FBI em 1970 vindo originalmente de Chicago. A atribuição ao termo “serial killer” é dada a ele, que durante a carreira trabalhou em casos notórios, como os de Jeffrey Dahmer, Ted Bundy, Richard Chase e John Joubert. Depois de se aposentar como agente, Ressler publicou livros e participou de palestras sobre criminologia. Morreu em 2013, com 76 anos.

x

DOUTORA WENDY CARR


A psicóloga interpretada por Anna Torv tem como modelo a Dra. Ann Wolbert Burgess, que trabalhou na Unidade de Ciência do Comportamento do FBI com os agentes Douglas e Ressler. O crédito para “Sexual Homicide: Patterns and Motives”, estudo sobre assassinos em série publicado em 1988, é dado aos três profissionais. A doutora Burgess foi pioneira no tratamento para vítimas de abuso e trauma e uma das co-fundadoras do programa de aconselhamento para vítimas de violência sexual no Boston City Hospital. Ela ainda dá aula na Universidade de Boston.

x

DENNIS RADER


Visto sutilmente durante os episódios de Mindhunter, o aparentemente pacato funcionário público Dennis Rader matou 10 pessoas entre 1974 e 1991 em Kansas. No entanto, sua prisão aconteceu apenas em 2005. Ele se auto-intitulou “o assassino BTK”, sigla para “Bind, Torture, Kill” (“Amarrar-Torturar-Matar”), ritual que forçava suas vítimas passar, matando-as após sessões de extrema crueldade.

x

ED KEMPER

(Imagem: Getty Images/Netflix)

Talvez ele tenha sido o assassino que mais chamou a atenção nessa primeira temporada. Emil “Big Ed” Kemper é o gigante (ele tem 2,06m de altura) necrófilo que foi acusado de 10 assassinatos, contando o da própria mãe. É ele quem se dispõe a falar com o agente Holden nos primeiros episódios (fato inspirado na vida real também, com o agente Douglas), distribuindo olhares e comentários de arrepiar qualquer um. Preso desde 1973, sua sentença é de prisão perpétua sem chance para condicional.

x

MONTE RALPH RISSELL

(Imagem: Netflix)

Rissell, vivido na série por Sam Strike, também é inspirado em um serial killer que cometeu crimes entre 1976 e 1977. Seu nome completo é Monte Ralph Rissell. Foi aos 14 anos que cometeu o primeiro estupro. No momento em que foi preso, com 19 anos, confessou ter matado cinco pessoas e estuprado pelo menos uma dúzia de mulheres. Suas vítimas tinham entre 22 e 34 anos.

x

JERRY BRUDOS


Seu codinome era “O Assassino da Luxúria” e “Assassino do Fetiche de Sapatos”. Brudos aparece em sete episódios e era natural da Dakota do Sul. Mais novo de dois filhos, ele viveu uma infância de abusos e violência por parte da mãe. Condenado por espancar e estrangular 4 mulheres, mantinha pedaços amputados do corpo de suas vítimas como se fossem troféus. Foi sentenciado à prisão perpétua, e morreu em 2006 na prisão, de câncer.

x

RICHARD SPECK

(Imagem: Getty Images/Netflix)

Outro caso da vida real foi Richard Speck, acusado de matar oito enfermeiras com estrangulamento e facadas em 1966, em Chicago. Uma mulher de 23 anos, Corazón Amurou, tornou-se a única sobrevivente na noite do crime. Condenado à execução por cadeira elétrica, morreu antes na prisão, em 1991, por insuficiência cardíaca.

x

(Fontes: Wikipedia, Vulture)

Compartilhe aqui!
  • 178
    Shares

Um comentário em “Conheça os agentes e serial killers que inspiraram os personagens de Mindhunter

  • junho 22, 2018 em 8:15 pm
    Permalink

    Durante as entrevistas, o roteiro se divide entre montar uma identidade para os assassinos e desenvolver os talentos e a relação da dupla policial. As series são os meus passatempos preferidos já que existem produções de diferentes temas. Estive procurando novas series que fossem sair recentemente e a nova temporada de Sr. Ávila é a que mais chamou a minha atenção. Sem dúvida, é uma das melhores series boas de drama, esta temporada vai ser um êxito, pelo o que li que o elenco esta confirmado por atores que são muito profissionais. É das melhores que já vi, a história é levada de uma forma perfeita porque mantém o espectador sempre interessado, é uma excelente opção para ver. Já conto os dias para a data de estréia!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Error: Access Token is not valid or has expired. Feed will not update.
This error message is only visible to WordPress admins

There's an issue with the Instagram Access Token that you are using. Please obtain a new Access Token on the plugin's Settings page.
If you continue to have an issue with your Access Token then please see this FAQ for more information.