LANÇAMENTOS: Crime, suspense e terror em abril

Os lançamentos de suspense, mistério e terror em abril. Confira os livros em destaque. Para ver todos os lançamentos, clique aqui.

 

1. A casa dos pesadelos, Marcos Debrito

(Faro Editorial)

 Dez anos depois de estar cara a cara com aquela assombração, Tiago finalmente concorda em voltar à mesma casa para visitar sua avó. Agora adolescente, ele pretende provar para si mesmo, que a terrível imagem que o aterrorizara nas madrugadas por tanto tempo, não passava de uma criação tenebrosa da infância. Mas, ao chegar no casarão, o jovem se depara com o misterioso quarto de seu falecido avô, agora mantido fechado, e tratado como espaço proibido. As restrições com relação ao aposento, as sensações e barulhos no meio da noite logo alimentam nele a suspeita de que algo terrível habita o local. Tomado por uma estranha coragem e desejo de ver-se finalmente livre do medo, tudo que o rapaz deseja é descobrir o que há por trás daquela porta. Então, o pesadelo toma novo impulso quando a figura sombria da infância mostra-se real novamente… mas, desta vez, ela quer atacar o seu irmão mais novo. Determinado a impedir que o caçula passe por terror semelhante, Tiago, mesmo apavorado, decide enfrentar a criatura. E o que descobre expõe terríveis segredos do passado que ninguém poderia imaginar.

 

2. A assombração da casa da colina, Shirley Jackson

(Editora Suma)

Considerada uma das melhores histórias de terror do século XX, a A assombração da Casa da Colina promete calafrios aos seus leitores. Vista por mestres como Stephen King e Neil Gaiman como a rainha do terror, Shirley Jackson entrega um livro perturbador sobre a relação entre a loucura e o sobrenatural. Sozinha no mundo, Eleanor fica encantada ao receber uma carta do dr. Montague convidando-a para passar um tempo na Casa da Colina, um local conhecido por suas manifestações fantasmagóricas. O mesmo convite é feito a Theodora, uma alma artística e “sensitiva”, e a Luke, o herdeiro da mansão. Mas o que começa como uma exploração bem-humorada de um mito inocente se transforma em uma viagem para os piores pesadelos de seus moradores. Com o tempo, fica cada vez mais claro que a vida, e a sanidade, de todos está em risco. “A história de casa mal-assombrada mais próxima da perfeição que eu já li.” — Stephen King

 

 

3. O colecionador, John Fowles

(Darkside Books)

O colecionador é a história de Frederick Clegg, um homem solitário com um plano para conquistar o grande amor de sua vida. O colecionador também é a história de Miranda Gray, sequestrada por um maníaco que acha que pode obrigá-la a se apaixonar por ele. Dois narradores antagônicos, sequestrador e vítima, brilham no romance de John Fowles. Após décadas fora de catálogo, a Darkside Books orgulhosamente relança esse grande best-seller feminista, e abre uma janela para que Miranda consiga sair do cativeiro e sua história volte a tirar o fôlego de novas gerações de leitores. Edição digna de colecionador, com capa dura e prefácio do mestre Stephen King.

 

 

 

4. Uma certa crueldade, Sophie Hannah

(Editora Rocco)

Cinco palavras-chave percorrem o novo romance da britânica Sophie Hannah ligando as diversas camadas e tramas paralelas da história, que traz de volta o casal de detetives Simon e Charlie, de A vítima perfeita e A outra casa. Dona de uma obra respeitada e de um estilo sofisticado, a autora apresenta um suspense policial que não se resume a buscar a solução do crime. Tão importante quanto solucioná-lo é investigar as características psicológicas e emocionais de seus personagens. No caso de Uma certa crueldade, a premissa é levada, de fato, para o divã. É no consultório de uma hipnoterapeuta que as histórias de Amber Hewerdine e da policial Charlie se cruzam. A primeira perdeu sua melhor amiga num incêndio e, desde então, sofre de insônia e ansiedade; já Charlie deseja parar de fumar. Num esbarrão na sala de espera, Amber lê, por acaso, no caderno da investigadora: “Gentil, Cruel, Meio que Cruel”. Pouco depois, sob hipnose, se ouve repetindo essas mesmas palavras aparentemente sem sentido, mas cruciais para a polícia na investigação de dois incêndios criminosos.

 

5. Volta para casa, Harlan Coben

(Editora Arqueiro)

Dez anos atrás, dois meninos de 6 anos foram sequestrados enquanto brincavam na casa de um deles, uma mansão em um bairro elegante de Nova Jersey. Mas, após o pedido de resgate, as famílias nunca mais tiveram notícias dos sequestradores nem de seus filhos. Agora, Myron Bolitar e seu amigo Win acreditam ter localizado um deles, o adolescente Patrick, e farão de tudo para resgatá-lo e obter as respostas pelas quais todos anseiam: O que aconteceu no dia em que foram raptados? Onde ele esteve durante todo esse tempo? E, o mais importante, onde está Rhys, seu amigo ainda desaparecido? Após cinco anos sem escrever nenhum livro da série Myron Bolitar, Harlan Coben brinda os leitores com Volta para casa , um suspense explosivo, como só o seu talento pode criar. Um thriller profundamente comovente sobre amizade, família e o verdadeiro significado de lar.

 

6. Sangue infernal, James Rollins & Rebecca Cantrell

(Editora Rocco)

Anne Rice encontra Dan Brown neste eletrizante thriller gótico que combina ciência, mitologia e religião. No épico desfecho da trilogia Ordem dos Sanguíneos, a jovem arqueóloga Erin Granger, o sargento Jordan Stone e o padre Rhun Korza tentam recuperar um tesouro perdido há milênios. Mas têm em seu encalço perigosas criaturas de habilidades sobrenaturais lideradas por um demônio chamado Legião, que já colocou as mãos no precioso Evangelho de Sangue, um livro escrito por ninguém menos que Jesus Cristo. Em sua eletrizante jornada ao redor do globo, eles vasculham as prateleiras empoeiradas dos arquivos do Vaticano e laboratórios medievais, até chegarem aos portões do próprio inferno, onde Erin precisará enfrentar a encarnação de seus maiores medos, antes que seja tarde demais. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *