OFERTA | 12 e-books de suspense e mistério por até 10 reais

Para quem ama e-books e promoções.

 

1. E não sobrou nenhum, Agatha Christie

Compre aqui

Uma ilha misteriosa, um poema infantil, dez soldadinhos de porcelana e muito suspense são os ingredientes com que Agatha Christie constrói seu romance mais importante. Na ilha do Soldado, antiga propriedade de um milionário norte-americano, dez pessoas sem nenhuma ligação aparente são confrontadas por uma voz misteriosa com fatos marcantes de seus passados. Convidados pelo misterioso mr. Owen, nenhum dos presentes tem muita certeza de por que estão ali, a despeito de conjecturas pouco convincentes que os leva a crer que passariam um agradável período de descanso em mordomia. Entretanto, já na primeira noite, o mistério e o suspense se abatem sobre eles e, num instante, todos são suspeitos, todos são vítimas e todos são culpados. É neste clima de tensão e desconforto que as mortes inexplicáveis começam e, sem comunicação com o continente devido a uma forte tempestade, a estadia transforma-se em um pesadelo. Todos se perguntam: quem é o misterioso anfitrião, mr. Owen? Existe mais alguém na ilha? O assassino pode ser um dos convidados? Que mente ardilosa teria preparado um crime tão complexo? E, sobretudo, por quê? São essas e outras perguntas que o leitor será desafiado a resolver neste fabuloso romance de Agatha Christie, que envolve os espíritos mais perspicazes num complexo emaranhado de situações, lembranças e acusações na busca deste sagaz assassino. Medo, confinamento e angústia: que o leitor descubra por si mesmo porque E não sobrou nenhum foi eleito o melhor romance policial de todos os tempos.

 

2. O homem de giz, C.J. Tudor

Compre aqui

Em 1986, Eddie e os amigos passam a maior parte dos dias andando de bicicleta pela pacata vizinhança em busca de aventuras. Os desenhos a giz são seu código secreto: homenzinhos rabiscados no asfalto; mensagens que só eles entendem. Mas um desenho misterioso leva o grupo de crianças até um corpo desmembrado e espalhado em um bosque. Depois disso, nada mais é como antes. Em 2016, Eddie se esforça para superar o passado, até que um dia ele e os amigos de infância recebem um mesmo aviso: o desenho de um homem de giz enforcado. Quando um dos amigos aparece morto, Eddie tem certeza de que precisa descobrir o que de fato aconteceu trinta anos atrás. Alternando habilidosamente entre presente e passado, O Homem de Giz traz o melhor do suspense: personagens maravilhosamente construídos, mistérios de prender o fôlego e reviravoltas que vão impressionar até os leitores mais escaldados.

 

3. Quem era ela, JP Delaney

Compre aqui

É preciso responder a uma série de perguntas, passar por um criterioso processo de seleção e se comprometer a seguir inúmeras regras para morar no nº 1 da Folgate Street, uma casa linda e minimalista, obra-prima da arquitetura em Londres. Mas há um preço a se pagar para viver no lugar perfeito. Mesmo em condições tão peculiares, a casa atrai inúmeros interessados, entre eles Jane, uma mulher que, depois de uma terrível perda, busca um ponto de recomeço. Jane é incapaz de resistir aos encantos da casa, mas pouco depois de se mudar descobre a morte trágica da inquilina anterior. Há muitos segredos por trás daquelas paredes claras e imaculadas. Com tantas regras a cumprir, tantos fatos estranhos acontecendo ao seu redor e uma sensação constante de estar sendo observada, o que parecia um ambiente tranquilo na verdade se mostra ameaçador. Enquanto tenta descobrir quem era aquela mulher que habitou o mesmo espaço que o seu, Jane vê sua vida se entrelaçar à da outra garota e sente que precisa se apressar para descobrir a verdade ou corre o risco de ter o mesmo destino. Com um suspense de tirar o fôlego e um clima de tensão do início ao fim, JP Delaney constrói um thriller brilhante repleto de reviravoltas até a última página. Uma história de duplicidade, morte e mentiras.

 

4. A Casa Misteriosa, Charles Dickens

Compre aqui

Por recomendação médica, a velha senhora Sophonisba vai viver em Londres, onde aluga uma confortável casa. Mas, em frente àquela nova moradia, ergue-se, desafiadoramente, um solar de terrível aparência e avançado estado de deterioração. Embora ostente uma carcomida tabuleta de “Aluga-se”, a sombria vivenda jamais atraiu inquilinos e não se sabe por que motivo. Apesar do lastimável estado de abandono, a velha senhora acredita surpreender, entre as persianas encardidas da casa funesta, uns enigmáticos olhos furtivos a espioná-la. Isto intriga profundamente a respeitável anciã, que encarrega o seu fiel criado de muitíssimos anos, Trottle, e um velho admirador, Jabez Jarber, de solucionar aquele incômodo mistério. Trottle e Jarber – que se detestam – passam a competir entre si para ver quem irá conseguir satisfazer primeiro e cabalmente a curiosidade da adorada musa comum. Com um fio condutor concebido por Dickens (1812 – 1870), no qual se intercalam histórias autônomas, narradas por Jarber, mas ligadas à personagem principal – a Casa Misteriosa –, o relato mais ou menos longo foi escrito pelo grande escritor inglês com a colaboração de brilhantes autores conterrâneos: os romancistas Wilkie Collins (1824 – 1889) e Elizabeth Gaskell (1810 – 1865).

 

5. Pietr, o letão, Georges Simenon

Compre aqui

Pietr, o letão, publicado originalmente em 1931, é o primeiro romance protagonizado pelo comissário Maigret. Após um corpo ser encontrado no banheiro de um trem, o detetive é levado de bares sombrios a hotéis de luxo enquanto investiga a verdadeira identidade de Pietr, o letão, suspeito do crime. Leia a resenha.

 

6.  Os maiores detetives do mundo, Chris Lauxx

Compre aqui

O que Sherlock Holmes, Batman e Ed Mort têm em comum? Poirot, 007 e House podem pertencer ao mesmo clube? A resposta é sim, já que todos eles investigam e solucionam mistérios! Os Maiores Detetives do Mundo é uma enciclopédia pop dedicada a 60 grandes investigadores da literatura, cinema, quadrinhos, TV e games. Este guia único e completo apresenta perfis, biografias, curiosidades e inúmeras informações divertidas sobre o mundo dos detetives. Do surgimento da ficção policial à atualidade, viaje pela linha do tempo e encare os protagonistas mais durões, esquisitos e fascinantes do planeta. Desvende enigmas com Auguste Dupin e treine as células-cinzentas com Hercule Poirot. Brinde em Paris com o comissário Maigret e renda-se à majestade inglesa de Sherlock Holmes. Desvie das balas de Philip Marlowe e resista ao charme de James Bond, enquanto os serial killers de Kay Scarpetta confundem a polícia americana. As sombras da cidade não são sombras, são Batman e The Spirit lutando para manter a ordem e paz reinante. E na terra dos vikings, Wallander, Joona Lina e Lisbeth Salander revelam inimigos ocultos. Escrito com linguagem acessível e organizado em capítulos cronológicos e temáticos, Os Maiores Detetives do Mundo é o guia definitivo para quem não resiste a um bom mistério.

 

7. O código Numerati

Compre aqui

A descoberta de um grande segredo oculto nas inscrições rupestres do mais famoso sítio arqueológico do Nordeste – a Pedra do Ingá. Um projeto de lei tramitando no Senado que afetará a vida de todos os brasileiros. Um misterioso assassinato com roubo de informações confidenciais. Palavras enigmáticas descobertas na cena do crime que têm uma estranha conexão com mensagens contidas no livro bíblico do Apocalipse. Nesse contexto, uma jovem arqueóloga e um Delegado da Polícia Federal correm contra o tempo e lutam com suas próprias limitações para vencer um inimigo que está sempre um passo à frente, pois tem olhos em toda parte. Num livro que mescla temas polêmicos e atuais como espionagem na internet, vida digital, ética na política e tolerância religiosa, em cada capítulo há uma nova surpresa , e nesse jogo onde nada é o que parece ser, o leitor vai se envolvendo com os dilemas éticos, sentimentais e religiosos que tomam conta dos personagens, à medida que eles se aproximam da possibilidade de desvendar uma terrível verdade que poderá mudar para sempre o passado e o futuro da humanidade.

 

8. Roseanna, Maj Sjöwall e Per Wahlöö

Compre aqui

 

Primeiro livro de uma das maiores séries policiais do mundo. O corpo de uma mulher de origem desconhecida é encontrado durante a dragagem de um lago na Suécia. Sem qualquer pista de quem poderia ter cometido o crime, o inspetor Martin Beck mobiliza sua equipe em uma busca internacional por um assassino sem nome e sem rosto. Passados três meses, tudo o que sabe é que a jovem se chama Roseanna e pode ter sido assassinada por uma das 85 pessoas que estavam em um cruzeiro pelo Canal de Göta. Ao longo de meses de investigação, a lista de suspeitos, antes inexistente, ganha alguns nomes, até a polícia se deparar com um assassino cruel, que possui uma noção peculiar e doentia do que é certo e errado. Leia a resenha.

 

9.  A inocência do Padre Brown, GK Chesterton

Compre aqui

O escritor britânico G. K. Chesterton conquistou legiões de fãs com suas poesias, epopeias, seus artigos jornalísticos, livros de crítica literária e romances. Mas as histórias de mistério protagonizadas pelo Padre Brown compõem a parte mais difundida de sua obra. Ao todo são 52 contos, escritos a partir de 1910 e posteriormente compilados em livros, um dos quais A inocência do Padre Brown, que traz doze histórias. Em “A cruz azul” – na qual o personagem faz sua primeira aparição e que é conhecida pela peculiar moldura narrativa –, o clérigo de Essex precisa lançar mão de métodos excêntricos para impedir o roubo de um valioso artefato religioso. As reflexões filosóficas que pontuam a ficção de Chesterton e a escolha do método humanístico da intuição em detrimento da dedução garantiram ao Padre Brown um lugar junto aos grandes detetives da literatura, como Dupin e Sherlock Holmes.

 

10. Enquanto você dormia, Anne Holt

Compre aqui

Britt teve uma adolescência complicada. Com a morte dos pais na infância, foi criada pela avó, Faye, em uma comunidade pequena e religiosa e com o passar dos anos, era frequente que os outros apontassem e dissessem que ela tinha feito coisas das quais não se lembrava e com as quais jamais sonhou. Anos depois, ela se muda para uma cidade pequena e afastada, longe das pessoas que a julgaram, consegue um emprego e tenta a lidar com seus lapsos de memória isolando-se dos outros. O que era para ser um recomeço para Brittany, no entanto, acaba por torná-lo seu pesadelo mais vívido e sombrio. Visões estranhas em seu quintal, a presença constante de Elena, apagões cada vez mais longos e repentinos. A única certeza que ela tem é a de estar ficando louca de uma vez por todas. Suas investigações sobre o passado da cidade a levam de volta para Michael, seu chefe, que tem um envolvimento amoroso com Elena, e algo muito maior é revelado no cerne, transformando-a para sempre e transportando-a de volta a seu passado.

 

11. Caixão fechado, Sophie Hannah

Compre aqui

 

No ano do centenário do detetive Hercule Poirot, a autora best-seller do The New York Times Sophie Hannah lança mais uma obra inspirada na genialidade de Agatha Christie, a escritora que mais vendeu livros na história da literatura. Depois do sucesso de Os crimes do monograma, lançado em 2014 e publicado no Brasil pela HarperCollins, chega agora às livrarias Caixão fechado, a segunda publicação inspirada na Rainha do Crime e autorizada pelos herdeiros de Agatha. Dessa vez, Poirot enfrenta um mistério diabólico, mergulhado em uma atmosfera sombria e cheia de suspense e perigo. Segundo Hilary Strong, presidente da Agatha Christie Ltd, “a publicação de Os crimes do monograma abriu um novo público para o trabalho de Christie. Caixão fechado é mais uma peça-chave da nossa estratégia para manter seu legado atual e vivo.

 

12. A Aventura de um Cliente Ilustre seguido de O Último Adeus de Sherlock Holmes

Compre aqui

 

Estão aqui reunidas duas emblemáticas histórias de Sir Arthur Conan Doyle, protagonizadas por Sherlock Holmes e pelo seu colaborador de longa data e amigo, dr. Watson. “A aventura de um cliente ilustre” é um dos doze contos que integram The Case Book of Sherlock Holmes. Na trama, o adversário de Sherlock Holmes é um refinado e misterioso barão que por trás de um belo rosto esconde crimes terríveis. Já em “O último adeus de Sherlock­ Holmes”,­ publicado na revista Strand, em 1917, Sherlock­ Holmes é chamado para trabalhar como espião, enquanto a Grã-Bretanha se prepara para a Primeira Guerra Mundial. Este que é um dos textos da maturidade de Conan Doyle é também um epílogo – triunfal – da carreira do famoso detetive de Baker Street.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *