RESENHA | Não chore, não, de Mary Kubica

Por Raquel de Mattos – Certamente é um livro que me atrai só pelo título, com certeza (sim, eu julgo livros pela capa… ou pelo menos pelo título e/ou resumo). E com esse não foi diferente.

Juro que eu não esperava que a autora me enrolasse, mas o tempo todo parece que ela me enrola. Pensei muitas vezes no conceito da “arma de Tchekhov”, aquele que diz que se o autor usar um determinado recurso ou fornecer determinada informação, ela tem que ser usada mais na frente. E de fato ela usou – pelo menos a maior parte (eu senti falta de algumas coisas que poderiam ter sido mais usadas, mas não foi ruim) – e eu não me senti totalmente feita de boba. Porque fui, em boa parte.

 

 

Ela foi de uma engenhosidade muito grande, me fez de boba, de trouxa e eu achei foi bom – sinal de que o livro foi bem amarrado. Ela consegue jogar conversa fora o tempo todo, você vai achando que a história está perdida, mas não larga ele pra lá. É o canto da sereia. Tá ruim, mas está bom.

A história fala de duas amigas que dividem um apartamento no centro de Chicago – Quinn e Esther – e um dia Esther some misteriosamente. Numa outra margem do lago Michigan uma jovem (adivinha, misteriosa também) aparece numa pequena cidade e encanta o jovem Alex, lavador de pratos. Muito rolo, mas nada que seja cansativo. Como eu disse, ela tece bem a história. Tudo se resolve – dentro do que se espera de uma ficção.

 

 

Só que o final foi uma facada. Fiquei meio sem ar, pois estava tudo na minha cara, ela esfregou tudinho o tempo todo e eu não vi! Talvez seja meio óbvio para leitores mais atentos, mas não tenho tanta certeza disso.
Não dou cinco estrelas porque algumas coisas que foram faladas poderiam ter sido usadas em momentos cruciais e que me fizeram questionar a necessidade delas terem sido mencionadas, mas do geral é um bom entretenimento e me deixou com vontade de ler os outros livros dela.

* Livro enviado pela Editora Planeta

 

Título: Não chore, não
Autora: Mary Kubica
Editora: Planeta
Páginas: 304
Este livro no Skoob

SINOPSE – Uma história eletrizante sobre obsessão e mentiras de uma das autoras mais vendidas da Editora Planeta, Mary Kubica No centro de Chicago, a jovem Esther Vaughan desaparece de seu apartamento sem deixar vestígios. Uma carta sombria dirigida a “Meu bem” é achada entre seus pertences, deixando sua colega de apartamento, Quinn Collins, se perguntando onde a amiga estaria e se ela era – ou não – a pessoa que Quinn achava que conhecia. Enquanto isso, em uma pequena cidade portuária de Michigan, uma mulher misteriosa aparece no tranquilo café onde Alex Gallo trabalha lavando pratos. Ele é atraído imediatamente pelo seu charme e beleza, mas o que começa como uma paixão inofensiva rapidamente se transforma em algo mais sinistro…

 

Raquel de Mattos

Carioca aquariana da gema, museóloga em Barretos (SP). Fã de Agatha Christie, descobriu diversos autores fantásticos ao longo da estrada da literatura policial. Ama café, livros e chocolate e é fácil de ser agradada!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *