clube do crime

Outubro é mês de Simenon na Companhia das Letras


collage_simenon

Seguindo o roteiro de lançamentos previstos para a obra de Georges Simenon, a Companhia das Letras publica em outubro três livros do catálogo do clássico escritor belga. Dois fazem parte da coleção do Comissário Maigret, “Inferno a bordo” e “A cabeça de um homem”. O terceiro é o romance psicológico “A neve estava suja”, publicado originalmente em 1942.

Confira as capas e leia a sinopse do livros, em breve disponíveis também em ebook pela Companhia das Letras.

1. INFERNO A BORDO

infernoAutor: Georges Simenon
Capa: Alceu Chierosin Nunes
Lançamento: 06/10/2014

Marujos não falam muito com outros homens, e menos ainda com policiais. Mas depois que o corpo do Capitão Fallut é encontrado próximo ao vapor em que trabalhava, o Océan, todos começam a falar em “mau-olhado” para tentar explicar os acontecimentos sinistros durante a última viagem da embarcação.

“Era de fato uma fotografia, um retrato de mulher. No entanto, a cabeça estava completamente riscada com tinta vermelha. Houvera um desejo raivoso de eliminar aquela cabeça. A pena arranhara o papel. Linhas se espalhavam em todas as direções, a ponto de não existir mais um milímetro quadrado visível. Em contrapartida, abaixo do rosto, o busto estava intacto. Um colo opulento. Vestido de seda clara, justo e cavado.”
x
xx

 

2. A CABEÇA DE UM HOMEM

cabecaAutor: Georges Simenon
Capa: Alceu Chierosin Nunes
Lançamento: 23/10/2014

Maigret tenta provar a inocência de um homem condenado à morte por um assassinato brutal. Enquanto se desenrola seu plano, ele encontra expatriados americanos com segredos que poderão trazer toda a verdade à tona.

“Os jornais desta manhã publicam um comunicado semioficial anunciando que Joseph Heurtin, condenado à morte pelo tribunal do júri do Sena e detido na Santé, na ala de segurança máxima, fugiu em circunstâncias inexplicáveis. Podemos acrescentar que as circunstâncias não são inexplicáveis para todo mundo. Na verdade, Joseph Heurtin não fugiu, mas foi obrigado a fugir. E isso na véspera da execução prevista. Ainda não é possível darmos detalhes da odiosa comédia que foi encenada esta noite na Santé, mas afirmamos que foi a própria polícia, em concordância com as autoridades judiciárias, que presidiu ao simulacro de evasão.”
x
x

3. A NEVE ESTAVA SUJA

ScreenHunter_100 Sep. 30 16.28Autor: Georges Simenon
Capa: Alceu Chierosin Nunes
Lançamento: 23/10/2014

Além das dezenas de histórias protagonizadas pelo Comissário Maigret, Georges Simenon é autor de um conjunto de romances que ficaram conhecidos por sua dimensão psicológica, análoga à de obras de ficção escritas por seus contemporâneos Albert Camus e Jean-Paul Sartre. A neve estava suja, de 1942, figura entre os mais celebrados livros desse conjunto. Aos dezenove anos, Frank Friedmaier vive na França sob a ocupação nazista, no início dos anos 1940. Todos lutam para sobreviver. Ele mora na casa da mãe, um prostíbulo que serve aos oficiais alemães, mas busca um sentido para sua vida. Friedmaier é um cafetão, um bandido, um ladrão. Assim que o livro começa, ele acaba de cometer seu primeiro assassinato. Pela escuridão de um inverno interminável, o protagonista se afundará na abjeção até que não haja mais saída. Este livro já foi descrito como “um dos raros romances nascidos sob a França ocupada que vão direto ao ponto”. Atrás das grades depois de ser descoberto pelos oficiais, Frank vive os dias como se fossem um só, desiste de comer, domestica seus desejos e cultiva uma indiferença absoluta em relação à vida.
x

Compre os livros da coleção Maigret/Companhia das Letras na exclusiva Sala Simenon, no Clube do Crime
clique2


x
x
(Fonte: Companhia das Letras)

ana1

Anúncios

Deixe um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s