resenha

YOUTUBE | O Homem que Buscava sua Sombra é o novo livro da série Millennium


Lisbeth Salander precisa passar um curto período atrás das grades, num presídio que também abriga uma das maiores criminosas da Suécia, de alcunha Benito. Na cela ao lado, ela observa uma jovem muçulmana acusada de matar o irmão sofrer ameaças constantes da gangue racista de Benito, a “dona” do pavilhão.

Mesmo sem ter acesso ao mundo exterior, Lisbeth dá um jeito de descobrir mais sobre as partes encobertas de sua infância traumática, depois que Holger Palmgren lhe apresenta pistas sobre um experimento pseudocientífico realizado com gêmeos. Para isso, ela vai contar com a ajuda do jornalista Mikael Blomkvist.

x

Confira a resenha em vídeo

 

Título: O homem que buscava sua sombra
Autor: David Lagercrantz
Tradução: Guilherme da Silva Braga
Editora: Companhia das Letras
Páginas: 360
Este livro no Skoob

SINOPSE – Depois do best-seller A garota na teia de aranha, David Lagercrantz dá continuidade à genial série Millennium, de Stieg Larsson. Lisbeth Salander precisa passar um curto período atrás das grades, num presídio que também abriga uma das maiores criminosas da Suécia, de alcunha Benito. Na cela ao lado, ela observa uma jovem muçulmana acusada de matar o irmão sofrer ameaças constantes da gangue racista de Benito, a “dona” do pavilhão. Mesmo sem ter acesso ao mundo exterior, Lisbeth dá um jeito de descobrir mais sobre as partes encobertas de sua infância traumática, depois que Holger Palmgren lhe apresenta pistas sobre um experimento pseudocientífico realizado com gêmeos. Claro que ela irá acionar o destemido jornalista Mikael Blomkvist para ajudá-la a desvendar esse mistério e a defender os desprotegidos, garantindo que os vilões paguem por seus crimes. Assim, a dupla está mais uma vez no cerne de um romance de tirar o fôlego, que aborda de modo fascinante muitas das graves questões que assombram o mundo hoje.

Anúncios

2 respostas »

  1. Oi Ana,, curti muito o vídeo, mas é impossível não ter o pé atrás com este livro. Você foi muito legal em seu vídeo. A Teia de Aranha é péssimo. Este autor é péssimo. No livro anterior Lisbeth já era coadjuvante. Eu acho que este cara na verdade tem medo dela. E assim como ela é uma super heroína, a gêmea parecia vilã do filme do Batman que passava na TV. Eu tinha comprado o 4o livro numa oferta e fiquei feliz por só ter gastado R$10,00. Este aqui eu baixei digital e pirata, pois tenho medo de não valer nem os R$10,00. Mas vou acreditar na sua nota 8,0 e colocar na minha fila.

    Curtido por 1 pessoa

    • Então! Eu realmente gostei mais desse do que do anterior. Acho que a Lisbeth continua distante daquela de Stieg, mas um pouco mais crível, embora gostaria eu que ela tivesse aparecido mais. Acontece também com o Poirot de Sophie Hannah, que é muito diferente do original (eu li os dois livros e não tem comparação, mas foi uma leitura interessante e leria outros). Tem também o Marlowe do John Banville, que eu não li ainda mas tenho curiosidade, até porque ele é um excelente autor. E tem o Sherlock do Anthony Horowitz, que eu não gostei (mas tenho colegas que adoraram). É bem subjetivo, mas tenho visto que outras pessoas também gostaram mais desse do que do outro. Mas também há quem deteste rs… Normal, o importante é ler 🙂

      Curtir

Deixe um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s