Colunas

As opiniões e resenhas publicadas no literaturapolicial.com não necessariamente refletem a opinião dos outros colunistas do site. Elas são de responsabilidade pessoal dos seus autores.

x


outro3| CRÍTICA | Assassinato no Expresso do Oriente: uma nova estação para Poirot [sem spoilers]
Fãs mais conservadores não aceitarão as mudanças pontuais deste Poirot no deslumbrante Assassinato no Expresso do Oriente. Mas é isso mesmo que Kenneth Branagh entrega aos admiradores de Agatha Christie, um filme deslumbrante, com um elenco tão luxuoso quanto a famosa rota que teve início em 1883. Tomadas de tirar o fôlego nos convidam a viajar no mítico trem que parte dessa vez de Istambul, e não de Aleppo (como originalmente no livro), até Paris.

notacoluna5autor2
Remorso e nostalgia marcam “Um legado de espiões”, de Le Carré
O mais apressado de nós poderá dizer que escrever livros de espionagem durante a Guerra Fria era fácil, já que o mundo polarizado funcionava como playground para esses esguios personagens. Com o fim dessa era, todos poderiam muito bem ser encaminhados à fila da aposentadoria e ponto final. Não é bem o que pensa John Le Carré, uma lenda desse tipo de literatura que, aos 86 anos, lança Um Legado de Espiões (Editora Record), livro que traz lufadas revigorantes ao tema.

notacoluna_raquelraquel_p
Para um livro de estreia, Todas As Garotas Desaparecidas é prá lá de interessante
A história de Todas as garotas desaparecidas é muito bem escrita, narrada em primeira pessoa e com uma questão peculiar: a segunda parte – a maior parte do livro – é contada em retrospectiva, ou seja, os quinze dias em que se passam o grosso da história são contados de trás pra frente.

notacoluna4perfil rodrigo2
Harry Hole e uma trama muito bem arquitetada em Polícia, de Jo Nesbo
É comum que as editoras utilizem algumas frases marcantes ditas por críticos literários para chamar a atenção do leitor em suas capas. “Incrível!”, “O próximo Stephen King”, “Uma história para a sua vida”, coisas do tipo. Neste caso, somos informados que Jo Nesbø é um autor imprevisível e que nos conduz pela história como se estivéssemos em uma montanha russa, prestes a desabar a toda a velocidade.

notacoluna2
josue
Os Impunes, de Richard Price, é um dos melhores lançamentos do gênero em 2017
Há dois nomes na capa de Os impunes (Companhia das Letras, 432 páginas). O primeiro, Richard Price, designa o respeitado autor norte-americano de romances como Vida vadiaFreedomland e Clockers (já lançados no Brasil, mas esgotados no momento, ao que parece) e de roteiros de filmes como “A cor do dinheiro”, dirigido por Martin Scorsese, e séries premiadas como “The Wire” e a recente “The Night Of”. O segundo nome é Harry Brandt, pseudônimo sob o qual ele decidiu lançar seu romance mais recente, que, dois anos depois, chega às prateleiras brasileiras.


Presos no Paraíso apresenta o lado desconhecido de Fernando de Noronha
“O mar de fora e o mar de dentro” é a expressão usada em Fernando de Noronha para diferenciar as águas que separam o arquipélago do continente e as que se abrem para o Atlântico. Além disso, resume o embate que dá força a Presos no Paraíso, romance de estreia de Carlos Marcelo. O passado e o presente se enfrentam no conjunto de ilhas, que também é um microcosmo do Brasil: a beleza natural e o frenesi dos turistas convivem com as mazelas sociais e políticas do país. Tobias, historiador que vive entre a expectativa do futuro e as angústias do passado, narra em primeira pessoa sua incursão no arquipélago para elaborar roteiros turísticos. Ele integra a galeria de personagens na qual se destaca o delegado Nelsão, responsável pela investigação de duas mortes misteriosas, com seus cacoetes investigativos e sua compulsão gastronômica.

notacoluna3luciana_p
Como IT: A Coisa está relacionado a outros livros de Stephen King

Apenas no fim de semana de estreia, It: A Coisa já se tornou a quinta maior bilheteria da história para um filme de terror. O filme é a adaptação da obra homônima de Stephen King, que já teve vários livros adaptados para as telonas. Quem é fã do autor já percebeu que em suas obras ele deixa vários easter eggs conectando suas histórias. A Entertainment Weekly listou algumas destas referências.

Anúncios