lista literária

10 aberturas de séries policiais na TV


wallander

Por Ana Paula Laux – Tão importante quanto as histórias propriamente ditas, as aberturas são um preview para o mundo das séries de TV. Clássicas, nostálgicas ou modernas, as aberturas de seriados podem ter diferentes estilos e conceitos. Escolhemos dez aberturas de séries policiais e de suspense que foram (ou são) um sucesso no mundo. Você tem uma favorita?

x

x

1. WALLANDER

A série, baseada na obra de Henning Mankell, traz Kenneth Branagh no papel do detetive sueco Kurt Wallander, um policial intrigado pelos casos que investiga e pela complexidade da natureza humana. Música: Nostalgia, por Emily Barker & The Red Clay Halo.

x

x

2. PHILIP MARLOWE, PRIVATE EYE

Com Powers Boothe no papel principal, a abertura de Philip Marlowe, Private Eye mergulha no universo noir das sombras, revólveres e cigarros do detetive de Raymond Chandler. O programa foi exibido de 1983 a 1986, e ao que consta esta é a abertura inglesa da série. Um dos envolvidos na criação dessa vinheta foi Maurice Binder, responsável pelo design de 16 títulos nos filmes da série Bond. Música: John Cameron e Samuel Matlovsky, executada por Moe Koffman.

x

x

3. POIROT

Exibida de 1989 a 2013, Agatha Christie’s Poirot foi um enorme sucesso entre os fãs de suspense e literatura policial, que acompanharam a excelente interpretação de David Suchet no papel do detetive belga de Agatha Christie. Criada pelo canal inglês ITV, a série deixou saudades. Música: The Belgian Detective (From Poirot), de Christopher Gunning.

x

x

4. SHERLOCK BBC

Benedict Cumberbatch (Sherlock) e Martin Freeman (Watson) são os astros da premiada Sherlock BBC, que transporta a clássica dupla detetivesca de Arthur Conan Doyle para os dias conturbados do século 21. Contando com a tecnologia e facilidades da nossa época, Sherlock Holmes continua se sobressaindo pela inteligência e raciocínio privilegiados. A interpretação de Cumberbatch fez da série um sucesso mundial. Música: David Arnold e Michael Price.

x

x

5. MANDRAKE

Mandrake também estrelou uma série de TV, produzida pela HBO Brasil e Conspiração Filmes. Com Marcos Palmeira no papel do advogado criado por Rubem Fonseca, o programa estreou em 2005 e foi exibido até 2007. O roteiro era de José Henrique Fonseca, Felipe Braga e Tony Belloto. Mandrake teve duas temporadas com treze episódios no total. Música: Work Song, de Charlie Mingus.

x

x

6. HARRY BOSCH

Baseada na série de Michael Connelly, Bosch é uma produção da Amazon Studios. Traz Titus Welliver no papel de Harry Bosch, detetive do departamento de homicídios de Los Angeles. O seriado é inspirado nos três primeiros livros com o personagem. Bosch estreou em 2014 apenas pelo canal Amazon Prime. Música: Can’t Let Go, de Caught A Ghost.

x

x

7. MAIGRET

Do italiano Gino Cervi, passando pelo russo Boris Tenin e pelo japonês Kinya Aikawa, o comissário Maigret já foi interpretado por atores de vários países nas últimas décadas. Escolhi essa abertura francesa porque sempre gostei de Bruno Cremer no papel. O ator (já falecido) interpretou Maigret de 1991 a 2005, totalizando cinquenta e quatro episódios. Pra quem quiser conferir tem também uma segunda série (essa inglesa do canal ITV) com Michael Gambon e uma terceira com Rowan Atkinson.

x

x

8. AGATHA CHRISTIE’S MARPLE

Miss Marple, a detetive de Agatha Christie, aparece em 12 romances e 20 contos da escritora. Nessa série da BBC One, ela foi interpretada por Joan Hickson de 1984 a 1992. Pelo canal ITV, Geraldine McEwan e Julia McKenzie também viveram a personagem. No Brasil, já vimos Marple pelos canais Film & Arts e HBO.

x

9. MONTALBANO

O desbocado policial de Andrea Camilleri é a estrela de Detective Montalbano, série do canal italiano RAI. Exibido desde 1999 na Europa, tem Luca Zingaretti no papel principal, vivendo histórias com uma pitada de humor em Vigàta, cidade fictícia da Sicília. Esta não é a trilha oficial do programa, mas ainda assim vale a pena assistir para conhecer. Inédito ainda no Brasil.

x

10. BRUNETTI

Fechando com dois toques italianos, escolhi o comissário Brunetti. Não encontrei a abertura dessa série com ele, mas não podia deixar de citá-lo. Criado por Donna Leon, é um policial veneziano bem low profile que aparece em 24 livros da autora (que é na verdade americana, e não italiana).  A série de TV é produzida desde 2000 na Alemanha, e o comissário é vivido por Uwe Kockisch. Uma americana que escreve sobre um italiano interpretado na TV por um alemão, isso mesmo. Inédita também no Brasil.

x

ana2

Anúncios

4 replies »

  1. Que post fantástico!
    Apesar de amar todos os detetives acima e ficar feliz com suas séries, nada supera Holmes, Poirot e Miss Marple.
    Sempre volto neles, de uma forma ou de outra, são demais!
    Obrigada pelo post pra lá de interessante.

    Curtido por 1 pessoa

  2. Infelizmente será impossível assistir a muitas destas séries no Brasil. O excelente canal Film & Arts que exibia Poirot, Miss Marple, Wallander, além de Inspetor Morse, Lewis, Endeavour, Father Brown, Vera, entre outras,encerrará suas atividades no Brasil em março de 2016. Por considerar que não há público suficiente no Brasil e que é um canal de nicho e elite, a VIVO, única operadora a mantê-lo, resolveu eliminá-lo de seu cardápio. Para quem quiser protestar há uma petição pública contra o fato no link:

    http://www.peticaopublica.com.br/pview.aspx?pi=BR88318

    Curtir

Deixe um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s