lista literária

TOP 5 – As melhores músicas policiais


majesty

Por Mateus Baldi – Eu sei, isso é um site sobre literatura policial, mas seria inevitável, com o advento do cinema, que a mesma se fundisse ao cinema numa simbiose espetacular. Assim, quando um terceiro elemento chegou – o famigerado som – tornou-se impossível desvencilhar alguns personagens de suas trilhas sonoras inconfundíveis. Esse post é simplesmente um livre exercício de memória: as melhores trilhas policiais; sons que contribuíram para que o estímulo sensorial aumentasse o suspense ou simplesmente fizesse uma prévia do que estava por vir.

À lista, pois.

x

1. THE PLOT
mission-impossible-season-5
Todo mundo conhece Missão:impossível e seu tema pão-pão-pão-pão-pirulito-pirulito, mas nem todo mundo conhece essa que pra mim é a melhor trilha da História da TV norte-americana. Um jazzinho malandro meio sexy, meio na corda-bamba, pra Jim Phelps nenhum botar defeito. Ouça.

x

2. AS PANTERAS
628-charliesangels-old
Farrah Fawcett e seu maiozinho que me perdoem, mas Kate Jackson é a mais bonita das anjinhas do Charlie. A abertura do seriado setentista – ainda inédito em DVD no Brasil, o que é uma pena –, além de contar com a clássica “once upon a time there was three little girls who went to the police academy” também oferecia um dos temas mais bonitinhos e classudos para preparar a audiência. Feminino e durão na medida certa, essa trilha certamente merece um lugarzinho nessa lista. Ouça.

x

3. A SERVIÇO SECRETO DE SUA MAJESTADE
majesty2Não seria uma lista policial se não tivéssemos James Fuckin’ Bond. Ainda que Spectre, o último filme da franquia, tenha sido musical e cinematograficamente péssimo, lá nos anos 1960 o agente secreto mais famoso do cinema tinha crédito de sobra para errar. Se On Her Majesty’s Secret Service, apesar do final, não é dos preferidos, sua trilha sonora é festejadíssima. Ainda que tenha a última gravação de Louis Armstrong, a baladinha açucarada We Have All The Time In The World, o destaque fica por conta da abertura. Composta por John Barry, essa pérola instrumental é uma das melhores da franquia e chega bem perto de Goldfinger como melhor-música-de-007. Ouça.

x

4. PETER GUNN
1
Esse seriado americano fez bastante sucesso entre as décadas de 1950 e 1960, mas sua música de abertura permanece até hoje como uma das melhores pérolas do jazz. Composta por Henry Mancini, virou hit instantâneo pelo riff de baixo poderoso e os metais dançantes. Ouça.

x

5. PANTERA COR-DE-ROSA
the-pink-panther-titles-508x360
Favorita de onze a cada dez strippers – profissionais ou não –, essa música embalou milhões de noites apimentadas de casais (além de uma das melhores cinesséries da História, lógico). Também obra de Henry Mancini, surgiu pela primeira vez no filme homônimo de 1963, quando Clouseau já estava em sua segunda aventura. Ouça.

x

BONUS TRACK – GOLDFINGER

Também de 1963, composta por John Barry e cantada por Shirley Bassey, consolidou a franquia 007 como sinônimo de músicas emblemáticas e grandes cantores. Quis o destino que isso acontecesse justamente naquele que é considerado o melhor filme de James Bond, o que mostra a caça a Auric Goldfinger. O clássico dos clássicos, para ninguém botar defeito. Só porque sou fanboy assumido, vou colocar aqui o vídeo redentor de Shirley Bassey, quase cinquenta anos depois, cantando até a última – longuíssima e sufocante – nota em pleno Oscar. Ouça.

x

mateus_banner_novo2

Anúncios

Deixe um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s