Basil Rathbone foi o primeiro Sherlock que marcou o cinema

Um dos Sherlocks mais famosos do cinema, o ator britânico Basil Rathbone nasceu em 13 de junho de 1892 na África do Sul, onde seus pais moravam então. Conhecido pelas atuações em peças shakespearianas, ele participou de mais de 70 filmes na carreira.

Para muitos fãs, ele é conhecido por ter vivido Sherlock Holmes em vários filmes nos anos 1930 e 1940. Em uma entrevista de rádio, Rathbone lembrou que Gene Markey, produtor e diretor do estúdio de cinema, almoçava com o magnata Daryl Zanuck, um dos fundadores do estúdio, e que Markey propôs uma versão cinematográfica de O Cão dos Baskervilles. Quando Zanuck perguntou quem poderia ser a cara de Holmes nas telas, a resposta de Markey foi instantânea: “Quem?! Basil Rathbone!”.

 


 

Foram 14 filmes com Basil vivendo o detetive, produzidos entre 1939 e 1946. Os dois primeiros filmes, O Cão dos Baskervilles e As Aventuras de Sherlock Holmes, saíram pela Twentieth Century-Fox. Logo depois, a Universal Studios adquiriu os direitos de adaptação e fez mais 12 filmes. Seu parceiro nas histórias, o Doutor Watson, seria vivido pelo ator Nigel Bruce.

 

 

Rahtbone ficou tão associado à Sherlock que teve dificuldade em interpretar outros personagens na carreira. Não é para menos. Basil é fisicamente parecido com o personagem descrito por Arthur Conan Doyle, um detetive analítico, cerebral e praticamente infalível.

O ator morreu em 1967, com 75 anos, após sofrer um ataque cardíaco em Nova York.

 

Uma curiosidade: Basil foi primo distante do Major Henry Rathbone, que sentava ao lado de Abraham Lincoln quando o presidente foi assassinado. O major ficou ferido ao tentar impedir John Wilkes Booth de fugir do local.

 

Veja fotos de Basil Rathbone

Compartilhe aqui!
  • 17
    Shares

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *