agatha christie

Detetives com água na boca: 5 pratos irresistíveis


food

INVESTIGADORES FAMINTOS – Na cronologia da literatura policial, encontramos detetives para todos os gostos. Há os durões que, como Spade e Marlowe, não levam desaforo para casa. Há os analíticos, tal qual Sherlock Holmes e Hercule Poirot (que não suporta a culinária inglesa), e ainda os perigosamente desastrados que, como o francês Jacques Clouseau, marcam presença por onde passam. Mas uma característica em especial é notada em personagens de diferentes épocas: a preferência pelos prazeres gastronômicos, o apuro pelo refinamento da alimentação.

Recapitulando a história dos detetives da ficção, a comida costuma ser, em alguns casos, uma coadjuvante com papel fixo nas tramas. Das técnicas de preparação de alimentos ao simples ato de se empanturrar, alguns personagens são especialistas graduados na arte de fazer os leitores babarem enquanto tentam descobrir o assassino do caso. Tanto faz se for o obeso Nero Wolfe ou o bem vivido Pepe Carvalho, todos têm especialidades, preferências ou ainda hábitos individuais de mesa, mesmo que estes não sejam lá dos mais requintados.

Conheça a seguir 5 pratos favoritos de personagens memoráveis da literatura policial. Afinal de contas, como dizia Fellini, “a vida é uma mistura de mágica e macarrão.”

x

1. NERO WOLFE
SONY DSC
BISTECA DE PORCO RECHEADA – Wolfe não é um glutão qualquer. Criado por Rex Stout em 1934 ele é, antes de tudo, um expert em gastronomia, principalmente se for comida gourmet. Desde que surgiu na literatura, o detetive particular que vive entocado na própria casa no coração de Nova York carrega consigo marcas inconfundíveis, como o peso campeão, o amor pelas orquídeas e pelos pratos bem executados. Para tanto, Nero emprega até um chef particular em casa, que o serve com todo o requinte que ele merece, 24 horas por dia. São muitas as gordices descritas nas histórias, como abóbora com creme de leite, sanduíche de presunto da Geórgia e moluscos de Cape Cod, mas o destaque vai para a Bisteca de Porco Recheada, que você aprende a fazer aqui.

x

2. SALVO MONTALBANO
spaguetti
SPAGUETTI ALLE VONGOLE – Como mora em uma cidade litorânea da Itália, o honesto e destemperado comissário Montalbano é um refém dos pratos feitos geralmente à base de frutos do mar. Imerso em hábitos da cultura siciliana, uma das referências mais constantes nas histórias do escritor Andrea Camilleri são as culinárias. “Comer expressa seu prazer em estar vivo”, explica o autor. E como! Dá pra praticamente aprender a cozinhar a partir das descrições, de tanto que se lê sobre comida nas histórias. Alguns itens do menu de Montalbano: merluza ao molho de anchova, Spaghetti alle Vongole, massa ao molho de caranguejo, antipasti di maré, anchovas com agrião, sauté di vongole, pesto alla trapanese, etc, etc, etc…

x

3. PEPE CARVALHO
peru
PERU RECHEADO AO MOLHO DE ROMÃ – Pepe Carvalho talvez seja o detetive que mais se entregue aos prazeres que a boa gastronomia proporciona. Adepto do hedonismo gourmet, o esperto catalão comprova sua paixão pela comida nos livros em meio às inúmeras receitas e descrições suculentas de pratos. Pepe foi criado em 1972 por Manuel Vázquez Montalbán, escritor com bom gosto para comida e bebida e que, como a maioria dos autores, fez de seu personagem uma extensão da própria personalidade. Que tal essa listinha de delícias? Peru Recheado ao Molho de Romã, caldeirada de peixe, merluza ao alho torrado e figos recheados à síria. Para aprender a fazer o Peru do Pepe, clique aqui.

x

4. KAY SCARPETTA
chocolate
TORTA DE CHOCOLATE COM NOZ PECÃ E JACK DANIELS – Até Scarpetta cozinha! Para desestressar, é claro, depois de encarar filas de cadáveres no necrotério ou enfrentar serial killers madrugada adentro. De ascendência italiana, a médica legista de Patricia Cornwell aparece até em um livro de receitas culinárias,  com o sugestivo título Food to Die For: Secret’s from Kay Scarpetta Kitchen (Comida para Morrer, tradução livre*). Scarpetta leva jeito para fazer pizza no forno, Chili com cerveja, Garoupa Grelhada com Manteiga e Suco de Limão e a apenas hipnotizante Torta de Chocolate com Noz-pecã e Jack Daniels.

x

5. COMISSÁRIO MAIGRET
bacalhau
BACALHAU À PROVENÇAL – Quando a rotina no Departamento de Polícia de Paris está mais folgada e ele consegue fazer as refeições em casa, o comissário aproveita os dotes culinários de Madame Maigret para fugir dos sanduíches da Brasserie Dauphine, uma lanchonete local. Fã do frango ao vinho tinto e também do linguado dieppoise, ele se derrete quando ela prepara uma de suas especialidades, o Bacalhau à Provençal, prato bastante popular na Páscoa. Aprenda como fazer o bacalhau do Maigret clicando aqui.

x

(Fontes: Food Knowledge, Wikipedia, Os Maiores Detetives do Mundo)
(Imagens: Creative Commons)

ana2

Anúncios

1 reply »

  1. Boa tarde LITERATURA.
    Sou uma apreciadora de comida e ser for irresistíveis vou amar mais ainda estas suas receitas.
    Só esta fatia de torta com amoras em cima estar de enlouquecer de gostosa, esta bisteca também estar de babar, agora o espaguete ao vangole já não aprecio, por que não gosto de vangole, mas tem muita gente que adora e com certeza será um sucesso.
    Este peru hum que suculento que aparenta.
    E esta torta de chocolate com noz pecã com Jack Daniels, meu deus estar divina e para arrematar com luxo este bacalhau à provençal.
    Simplesmente um banquete dos deuses estas comidas todas..
    Agradecendo por compartilhar.
    Desejando uma maravilhosa sexta feira
    Abraços sempre.
    ClaraSol

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s