resenha

O Cirurgião, de Tess Gerritsen


Resenha Tess IMG_5704

Por Rodrigo Padrini – Dificilmente me sinto perturbado com alguma leitura. Já me disseram que sou frio como uma geladeira. Não discuto. Contudo, nos últimos dias tive a oportunidade de me surpreender e me incomodar com o poder de uma narração cruelmente descritiva e angustiante. O Cirurgião (Editora Record, 2005) é um dos livros mais conhecidos da americana Tess Gerritsen e não é por conta do acaso. Trata-se de um suspense médico de primeira qualidade, intenso e chocante, como um programa de emergências médicas na televisão.

Tess Gerritsen nasceu em 12 de Junho de 1953 nos Estados Unidos e abriu mão da medicina para se dedicar à literatura. Escreve o que podemos chamar de suspense médico ou thriller médico, tendo publicado o seu primeiro romance em 1987. No livro que falaremos sobre, a autora apresenta o que se tornaria uma de suas principais protagonistas, a Detetive Jane Rizzoli.

Mulheres estão sendo assassinadas e violentadas sexualmente em Boston e o Departamento de Polícia suspeita que os crimes estejam relacionados entre si. Características semelhantes entre os episódios e a natureza da violência praticada, levam os detetives a crer ainda que o suspeito esteja recriando a obra de Andrew Capra, um médico autor de vários crimes no passado e assassinado há dois anos por sua única vítima sobrevivente, a Dra. Catherine Cordell.

x

“Por mais que você tente manter a ordem em sua vida, por mais que você tente se guardar contra erros, contra imperfeições, sempre há alguma mancha, alguma falha, espreitando onde não pode ser vista. Aguardando para surpreender você”.

x

Junte elementos como violência sexual, investigação policial, tortura física e psicológica, violência sexual e conhecimentos médicos utilizados para o mal, e pronto, já temos um livro pesado. Mas não basta ter tudo isso sem uma boa trama, envolvente na medida certa. Sem uma boa escrita, facilmente teríamos um livro cafona, mas não é o caso.

Alternando a narrativa de forma inteligente entre os personagens, a autora nos oferece pedaços de um quebra-cabeça que só completaremos nas últimas páginas, quando já achávamos que ficaria incompleto. A nossa história gira em torno de quatro personagens: a Dra. Catherine Cordell, a médica bem sucedida assombrada por seu passado, os detetives Thomas Moore e Jane Rizzoli, e O Cirurgião, como é chamado pelos jornais e pela própria polícia o nosso suspeito maníaco pseudo-médico-monstro.

Resenha Tess leonardo-da-vinci-human-anatomy-drawings-wallpapers-12

x

A Detetive Jane Rizzoli é uma das protagonistas da série de romances Rizzoli & Isles (existe uma série de TV baseada na dupla desde 2010, já com seis temporadas no canal TNT), e neste suspense aparece ainda como uma jovem detetive com sérios complexos de inferioridade e querendo mostrar o seu valor.

No primeiro livro que li da autora e resenhei para o site, Desaparecidas (Editora Record, 2006 – o quinto livro da série Rizzoli & Isles), peguei o bonde andando e  encontrei uma Jane Rizzoli casada e grávida. Não que isso tenha prejudicado a minha leitura, mas agora que li O Cirurgião, caso você ainda não conheça a obra, recomendo ler os livros na sequência, já que a construção dos personagens ao longo dos livros parece essencial e pude captar melhor a essência da Detetive.

Confesso que Tess Gerritsen me fisgou mais pelas descrições surpreendentemente reais e tramas angustiantes, que por seus protagonistas, por enquanto. “O Cirurgião” traz vários personagens igualmente interessantes, com destaque para o Detetive Thomas Moore e a Dra. Catherine Cordell, que por alguns momentos até ofuscam a Detetive Jane Rizzoli. Talvez isso seja uma vantagem, já que não consegui desgrudar os olhos dos dois livros que li da autora até agora, até que soubesse o seu desfecho.

x

“Caminhamos entre os outros, normais em cada aspecto.; talvez mais normais porque não nos permitimos ser embrulhados e mumificados nas bandagens estéreis da civilização. Vemos sangue, e não desviamos o olhar. Reconhecemos sua beleza lustrosa; sentimos sua atração primitiva”.

x

A edição da Record traz livros muito bem acabados, com capas belíssimas e material de ótima qualidade. Pretendo me aventurar por todos os livros da série, já que virei fã da escritora. Altamente recomendado.

x

Resenha Tess O-CirurgiaoTítulo: O Cirurgião (Original: The Surgeon)
Autora: Tess Gerritsen
Editora: Record
Páginas: 384
Este livro no Skoob

SINOPSE – Tess Gerritsen, neste livro assustador, narra o rastro de sangue deixado por um assassino cruel. O agressor entra na casa de suas vítimas na calada da noite e segue até o quarto delas. Mergulhadas em sono profundo, as mulheres ignoram que irão acordar para um terrível pesadelo… A precisão com que ele investe contra as mulheres , somada à crueldade de agressão – útero das vítimas é arrancado -, sugere que o responsável pelas atrocidades seja um médico psicopata. Os jornais de Boston passam então a chamá-lo de ‘O Cirurgião’. Em um livro de tirar o fôlego e com descrições minuciosas, a autora nos apresenta a um rico universo de personagens, ao criar um romance de suspense e profundidade inéditos.

rodrigo_perfil3

Anúncios

3 respostas »

Deixe um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s