VÍDEO | Salem, de Stephen King

salem_g2

A MALDIÇÃO DE SALEM – Publicado originalmente em 1975, Salem é o segundo livro da carreira de Stephen King. Ambientado na cidadezinha de Jerusalem’s Lot, na Nova Inglaterra, o romance conta a história de três forasteiros e o que acontece de sinistro após a chegada deles na cidade.

Assista a resenha em vídeo

 

star5
salem_capaTítulo
: Salem
Autor: Stephen King
Tradutora: Thelma Médici Nóbrega
Editora: Suma de Letras
Páginas: 464
Este livro no Skoob

SINOPSE – Publicado originalmente em 1975, Salem é o segundo livro da carreira de Stephen King. Ambientado na cidadezinha de Jerusalem’s Lot, na Nova Inglaterra, o romance conta a história de três forasteiros. Ben Mears, um escritor que viveu alguns anos na cidade quando criança e está disposto a acertar contas com o próprio passado; Mark Petrie, um menino obcecado por monstros e filmes de terror; e o Senhor Barlow, uma figura misteriosa que decide abrir uma loja na cidade. Após a chegada desses forasteiros, fatos inexplicáveis vêm perturbar a rotina provinciana de Jerusalem’s Lot: uma criança é encontrada morta; habitantes começam a desaparecer sem deixar vestígios ou sucumbem a uma estranha doença. A morte passa a envolver a pequena cidade com seu toque maléfico e Ben e Mark são obrigados a escolher o único caminho que resta aos sobreviventes da praga: fugir. Mas isso não será tão simples, os destinos de Ben, Mark, Barlow e Jerusalem’s Lot estão agora para sempre interligados. E é chegada a hora do inevitável acerto de contas.

ana2

Compartilhe aqui!

Ana Paula Laux

Jornalista. Trabalha com curadoria de informação, gestão de mídias sociais e criação de conteúdo digital. Em 2014, lançou o e-book "Os Maiores Detetives do Mundo" (Chris Lauxx).

2 comentários em “VÍDEO | Salem, de Stephen King

  • março 14, 2017 em 3:26 am
    Permalink

    Salem foi i primeiro livro de terror que li e o que mais gostei sobre vampiros até hoje. Acabei de ler Deixe Ela Entrar e já li Drácula, mas ao meu ver ficam abaixo de Salem. A primeira metade deste livro do King é como se fosse a construção de um palco, vagarosamente e com cuidado, e quando vem a segunda metade da obra temos um show de primeira !

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Que tal assinar a nossa newsletter?

Holler Box