Jornalista se inspira em thrillers para escrever sobre a ditadura

Alguns episódios da vida real disputam espaço com a ficção. Nesses casos, não é demais apelar para a literatura quando se decide contá-los. Foi o que fez o jornalista Eumano Silva em “A morte do diplomata” (Tema Editorial, 2017), livro-reportagem que reconstitui o caso do embaixador do Brasil na Holanda, encontrado morto em seu carro em 1970. As circunstâncias da morte de Paulo Dionísio de Vasconcelos, as investigações no exterior e o contexto mais brutal da ditadura militar brasileira oferecem elementos para uma história intrigante, sufocada nos silêncios que a época produziu.

Com trinta anos de carreira e passagens por alguns dos principais veículos de imprensa nacionais, Eumano Silva remexe no passado para (re)investigar o caso. Ele viaja à Europa, entrevista pessoas, mergulha em arquivos infestados de ácaros e poeira. O resultado é uma reportagem de fôlego numa prosa limpa e seca, estruturada em curtíssimos capítulos, apresentando a vítima, o inspetor e os detalhes desse mistério arquivado pela ditadura.

Como enfatiza o autor, os romances policiais apenas inspiraram o processo de escrita. Espartano, Eumano Silva manteve seu compromisso de jornalista com os fatos, com os documentos que encontrou e com a verdade que ajudou a esculpir a partir deles.

Uma curiosidade: antes de 2012, a morte do diplomata era desconhecida até mesmo para o autor. O jornalista só teve acesso à história por acaso, ao prestar consultoria à Comissão Nacional da Verdade, responsável por desenterrar parte do passado brasileiro que militares e civis coniventes insistiam em manter esquecidos. Na época, Eumano Silva não conseguiu ir muito longe na apuração do caso. “A morte do diplomata” é o resultado de seu indisfarçável instinto de repórter.

Compartilhe aqui!
  • 128
    Shares

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Error: Access Token is not valid or has expired. Feed will not update.
This error message is only visible to WordPress admins

There's an issue with the Instagram Access Token that you are using. Please obtain a new Access Token on the plugin's Settings page.
If you continue to have an issue with your Access Token then please see this FAQ for more information.