A MORTE DA CANÁRIA | Um clássico com o detetive Philo Vance

Por Ana Paula Laux – A Morte da Canária é um romance policial de 1927 escrito por SS Van Dine, pseudônimo do crítico e escritor norte-americano Willard Huntington Wright.

O livro é o segundo de uma série de 12 livros com o detetive Philo Vance, personagem muito popular na literatura de mistério no início do século 20.

Nesta trama, Philo Vance ajuda a polícia a descobrir quem matou uma atriz da Broadway conhecida como Canária, que foi encontrada estrangulada em casa.

 

Veja a resenha em vídeo

 

SOBRE O LIVRO

Título: A morte da canária
Autor: SS Van Dine
Editora: Livros do Brasil
Páginas: 288

SINOPSE – A bela Margaret Odell, famosa artista da Broadway conhecida como a «Canária», é encontrada morta em casa. Estrangulada cerca das 11 horas da noite, apartamento saqueado, joias roubadas. À primeira vista, tudo leva a crer que se trata de um assalto com desfecho fatal, mas depois de examinar o local do crime Philo Vance não tem dúvidas de que grande parte do que ali está não passa de encenação. Se não foi um qualquer ladrão violento – quem terá atacado a formosa Odell? Da classe mais elevada aos meios mais obscuros, eram vários os homens com quem convivia e na noite em que morreu sabe-se que foi visitada por mais do que um, todos eles porém com argumentos para serem excluídos da lista de suspeitos. Crime tão subtil como inteligentemente perpetrado, apenas o exímio processo analítico do detetive amador Vance permitirá desvendar o mistério d’A Morte da Canária, segunda história narrada pela voz magistral de S. S. Van Dine.

Compartilhe aqui!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Ana Paula Laux

Jornalista. Trabalha com curadoria de informação, gestão de mídias sociais e criação de conteúdo digital. Em 2014, lançou o e-book "Os Maiores Detetives do Mundo" (Chris Lauxx). Contato: analaux@gmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!