editora objetiva

“O crime da vida real na Suécia é pano de fundo pobre para uma boa história”, diz Hakan Nesser


nesserEm entrevista recente ao jornal indiano The Economic Times, o romancista policial Hakan Nesser falou sobre política, a influência da sociedade na literatura e revelou como entrou para o mundo dos policiais.

Confira algumas declarações do autor:

“A sociedade sempre se reflete na literatura, de uma forma ou de outra. O que está acontecendo agora (na Suécia) é quase nazismo. É horrível. Temos um novo partido (o partido dos Democratas Suecos), que é o terceiro maior partido no parlamento. Eles são contra a imigração. Temos xenofobia em todos os lugares. O mundo é um lugar muito escuro.”

“Não sou um escritor político. Concordo com Henning Mankell e Stieg Larsson, escritores sociais. Eu não posso escrever dessa maneira. Não sou bom o suficiente.”

“Eu tinha 38 anos quando o meu primeiro livro foi lançado e 43 quando saiu o meu primeiro romance policial. Eu tinha uma trama que só podia ser contada como uma história de crime. Eu acho que o gênero é bom, ele lida com as questões fundamentais da vida e da morte. O problema é que há muitas histórias de crimes ruins.”

Hakan Nesser é autor da série com o detetive Van Veeterenum e um dos autores mais populares do gênero na Europa. No Brasil, seus livros são publicados pela editora Suma de Letras.

Leia a entrevista completa aqui (em inglês)

Conheça o catálogo de Hakan Nesser no Brasil

ana2

Anúncios

Deixe um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s