GK Chesterton é o criador de Padre Brown, religioso mais perspicaz da literatura

 

Ele foi uma figura conhecida na Inglaterra no começo do século 20, quase como um personagem de si mesmo. Fez de tudo um pouco: jornalista, escritor, crítico literário, teólogo, poeta, dramaturgo. No campo da literatura criou as histórias com Padre Brown, um sacerdote-detetive que resolvia enigmas com temperos de compreensão humana e reflexão filosófica.

Seu nome era Gilbert Keith Chesterton, mas todos o conheciam por GK Chesterton. De olhar sério, gostava de usar uma longa capa, um chapéu amassado e de fumar seu charuto. Todos o conheciam também por ser um católico fervoroso, ou como ele se definia, um cristão ortodoxo.

A bibliografia de Chesterton impressiona: mais de 80 livros, 2000 contos, 4000 ensaios, poemas, peças de teatro. Ele foi um autor prolífico e carismático, e dizem que travava os melhores debates com gente como Bernard Shaw e HG Wells, adversários no campo intelectual mas admiradores mútuos.

O padre Brown, personagem que o marcou na literatura, aparece em 52 contos. É um observador da natureza humana, tal como Miss Marple. Resolve os mistérios mais enigmáticos de forma intuitiva, sempre carregando seu guarda-chuva a tiracolo, refletindo sobre o viés psicológico da questão.

Padre Brown parece inocente mas é, na verdade, alguém perspicaz. Alinhado com a época em que aparece nos livros, é inteligente e observador, e persegue uma explicação natural para mistérios que desafiam a lógica. No conto “A Cruz Azul”, ele se define bem assim:

 

“Nunca lhe ocorreu que um homem, que quase não faz nada além de ouvir os pecados dos outros, não pode deixar de estar ciente do mal da humanidade?”

 

 

Brown foi inspirado no padre irlandês John O’ Connor, que era amigo do autor. Ficou tão popular que foi parar no cinema e na TV, com Sir Alec Guinness (o Obi-Wan-Kenobi de Star Wars) como um dos intérpretes. No Brasil, a TV Cultura transmitiu a série Padre Brown, produção da BBC com Mark Williams (Arthur Weasley de Harry Potter) que adaptou várias histórias do detetive.

GK Chesterton nasceu em 29 de maio de 1874 em Londres, e morreu aos 62 anos, em junho de 1936.

 

Veja fotos de GK Chesterton

Com 17 anos (Imagem: Wikipedia)
Com 17 anos (Imagem: Wikipedia)

 

Em 1910. (Imagem: http://bit.ly/2EHpcGH)

 

Com Bernard Shaw e o escritor Hilaire Belloc (Imagem: Wikipedia)

 

Com a esposa, Frances Chesterton (Imagem: Getty Images)

 

(Imagem: Getty Images)

 

(Imagem: ieschile.cl)

 

Encontre livros de GK Chesterton aqui

 

Compartilhe aqui!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!