LANÇAMENTOS | Crime, suspense e terror em setembro

LANÇAMENTOS | Crime, suspense e terror em setembro

 

Confira as sugestões de lançamentos de livros de crime, suspense e terror em setembro de 2020.

 

1. H. H. Holmes: Maligno – O Psicopata da Cidade Branca

Compre o livro

SINOPSE – Em H. H. Holmes: Maligno – O assassino da cidade branca, Harold Schechter, escritor norte-americano de True Crime e especializado no estudo de assassinos em série, constrói um cuidadoso perfil do homem que, à época, foi considerado o mais pérfido dos Estados Unidos. Para angariar dinheiro e poder, e dar vazão a seus diversos golpes e truques, o ambicioso Holmes pavimentou uma trilha de horror com inúmeras vítimas, de crianças a idosos. Holmes confessou 27 assassinatos, mas muitos mais podem estar em sua conta. Ele construiu um hotel para a Feira Mundial de Chicago, evento criado para celebrar os quatrocentos anos da chegada de Colombo à América. A edificação era um labirinto de portas e alçapões, com armadilhas em diversos cômodos. Neste local, presume-se que Holmes pode ter matado um número muito grande de pessoas que iam à cidade para o evento. A crueldade calculada de construir um hotel infernal com mais de cem quartos para matar já seria suficiente para garantir o lugar de Holmes na história do crime, mas ainda há uma série de golpes, esquemas, múltiplos casamentos e mais assassinatos a sangue frio. Schechter também aborda como a história de Holmes repercutiu na imprensa do mundo todo; quando seus crimes vieram à tona, não se falava de outra coisa, sobretudo nos EUA. Com o crescimento da fama e da exposição do assassino, muito se conjecturou sobre sua figura, e crimes que não cometeu foram atribuídos a ele.

Confira a resenha em vídeo:

Inscreva-se no canal

 

2. Com sangue

Compre o livro/e-book

SINOPSE – Brilhante em narrativas curtas, King já escreveu alguns contos que viraram sucesso em todo o mundo, como as histórias que inspiraram os filmes Conta comigo e Um sonho de liberdade. Neste livro, assim como em Quatro estações e Escuridão total sem estrelas, ele cria uma coleção única e emocionante, demonstrando mais uma vez por que é considerado um dos maiores contadores de histórias de todos os tempos. Este é um livro sobre amor, amizade, talento e justiça… em suas formas mais deturpadas. Em Com sangue, Stephen King reúne quatro contos com protagonistas inteligentes e complexos, que têm sua vida comum transformada por algum elemento inexplicável.

 

3. Segredos Mortais

Compre o livro/e-book

SINOPSE – Em uma manhã gelada de inverno, uma mãe encontra o corpo da filha, encharcado de sangue, jogado na calçada. Quem seria capaz de matar alguém na porta de casa? Após seu último caso, a Detetive Erika Foster se sente fragilizada, mas está determinada a liderar essa nova investigação. Ela começa recolhendo relatos de assaltos que ocorreram no mesmo bairro onde a jovem foi morta. Imediatamente, percebe um detalhe assustador que conecta os crimes: todas as vítimas foram atacadas por um criminoso que usava uma máscara de gás. Ao buscar mais vestígios dessa estranha descoberta, o caso se torna ainda mais complicado, pois Erika se depara com uma teia de segredos envolvendo a morte da bela jovem. A detetive começa, então, a juntar as pistas, e também se vê forçada a enfrentar memórias dolorosas de seu próprio passado. Erika precisará investigar a fundo e manter o foco para encontrar o assassino. Mas, dessa vez, um dos seus familiares corre perigo. Segredos mortais é o último livro da série de thrillers protagonizados pela Detetive Erika Foster.

 

4. Morte no Nilo

Compre o livro

SINOPSE – A tranquilidade de um cruzeiro de luxo pelo Nilo chega ao fim quando o corpo de Linnet Doyle, uma bela e jovem milionária, é descoberto em sua cabine. Porém, para azar do autor do crime, o brilhante detetive Hercule Poirot está a bordo. Ele logo descobre que cada passageiro é suspeito, pois todos tinham motivos para tirar a vida de Linnet. Em um rio de mentiras, Poirot precisa descobrir a verdade sobre esse estranho assassinato.

 

5. Noite sem fim

Compre o livro

SINOPSE – Quando Michael encontra Ellie durante uma visita ao Passo do Cigano, é amor à primeira vista. Apaixonados, os dois decidem começar uma vida juntos comprando a propriedade abandonada. No entanto, o casal ignora o aviso de uma estranha senhora sobre a maldição que assola o local… e apesar de não acreditarem em seus augúrios, o mal começa a assombrá-los. Logo, o rapaz descobre que, no Passo do Cigano, muitos acidentes inexplicáveis acontecem. Mas quem ― ou o quê ― está por trás dessas desgraças?

 

6. Psicopata americano

Compre o livro

SINOPSE – Patrick Bateman é um sujeito “aparentemente” invejável. Jovem, bonito, bem nascido e bem educado, ele trabalha em um conhecido banco de investimentos em Wall Street, enquanto passa as noites entre jantares, boates e festa particulares, regadas com todos os aditivos inerentes ao lado mais sombrio da vida noturna de Nova York no final dos anos 1980. Bateman, porém, tem alguns segredos bem guardados. Por trás da fachada de normalidade, possui o instinto de um serial killer, com toda a torpeza, degradação, asco e repulsa que um psicopata consegue provocar. Formado em Exeter e Harvard, Bateman também é gourmand, entusiasta do bronzeamento artificial e de infindáveis tratamentos estéticos, implacável crítico de moda e consumidor ávido das últimas traquitanas tecnológicas de então, como aparelhos de som 3×1 e videocassete. Mora em um luxuoso apartamento no Upper West Side, em Manhattan e é vizinho do astro de Top Gun, Tom Cruise. No romance, acompanhamos os dias e noites de Bateman, que seriam banais, não fossem os crimes abjetos e sem razão aparente que ele comete e de maneira que não conseguimos compreender. Sem remorso. Sem piedade. Contra mulheres. Contra mendigos. Contra músicos de ruas. Contra colegas. Contra crianças. Expressando seu verdadeiro eu através da tortura e do assassinato, Bateman prefigura um horror apocalíptico que nenhuma sociedade suportaria encarar. Uma violência represada, escondida, inaudita, porém insistentemente presente na sociedade norte-americana, como o autor sugere ao descrever o programa de tv favorito do protagonista, The Patty Winters Show, que apresenta trivialidades (como dicas de beleza da princesa Diana), sensacionalismo (“Adolescentes que trocam sexo por crack”) e horror real (assassinos de crianças e neonazistas). Considerado hoje um clássico moderno da literatura norte-americana, Psicopata Americano inaugura o selo Crime Scene® Fiction na DarkSide® Books. O novo selo vai apresentar o melhor da ficção relacionada ao tema, com o mesmo cuidado da Crime Scene®, a linha editorial dedicada histórias e crimes reais. Mas o histórico do livro é controverso: a editora Simon & Schuster desistiu de publicar a obra no final de 1990, um mês antes de sua chegada às livrarias, mencionando sua brutalidade e violência. O livro chegou a ser publicado no início de 1991 pela editora Vintage, tornando-se um best-seller instantâneo e infame. Seu autor Bret Easton Ellis recebeu ameaças de morte. A turnê de lançamento foi cancelada. Organizações feministas defenderam o boicote à obra pela misoginia e violência contra mulheres. Livrarias se recusaram a vender a obra. O que teria causado tal reação? Bret Easton Ellis conseguiu produzir um relato cáustico e uma crítica mordaz sobre a banalidade da violência, o consumismo supérfluo e exibicionista e o vazio da geração de yuppies que viveu sua juventude na década de 1980, discutindo combinações de roupas e outras futilidades diante de drinques e pratos exóticos e esdrúxulos em caríssimos e concorridos restaurantes da moda. Para completar, o ídolo do protagonista e narrador é ninguém menos que o então empresário Donald Trump. Sua obra a Arte da Negociação é seu livro de cabeceira. O sonho de Bateman é ser convidado para alguma festa em que o empresário, apresentador de reality show e futuro presidente dos EUA estivesse presente. A obra foi adaptada para o cinema em 2000, com Christian Bale no papel do protagonista, além de Chloe Sevigny, Jared Leto e Reese Witherspoon, e direção de Mary Harron, que proporciona um olhar único sobre uma obra repleta do pior lado da testosterona. Em 2013, tornou-se um musical em Londres, com letra e música de Duncan Sheik, chegando a Broadway em 2016. Em retrospecto, porém, é difícil não considerá-lo visionário. Bret Easton Ellis conduz os leitores a encarar o sonho americano ― e, em sua sombra, o pesadelo. Na conduta abominável de seu psicopata, o autor denuncia os riscos da falta de empatia e da dessensibilização perante a violência, apontando a relevância de uma discussão que hoje, mais do que nunca, se faz necessária. Monstros modernos como Patrick Bateman nos levam a enxergar o adoecimento de nossa sociedade e a reconhecer que o horror muitas vezes não é uma ameaça fantasmagórica ou alienígena; o horror pode estar ao nosso lado. É nesse reconhecimento que obras como Psicopata Americano denunciam a banalização da violência e a glorificação de criaturas hediondas, dentro e fora do universo ficcional.

 

7. Fundação e Império

Compre o livro

SINOPSE – Graças a sua ciência e tecnologia superiores, a Fundação sobreviveu às investidas de guerra de seus vizinhos. No entanto, seus membros devem, agora, enfrentar o que restou de um Império que, embora agonizante, ainda é a força mais poderosa da Galáxia. Para frear as ofensivas de um ambicioso general, estudiosos e cientistas depositam suas esperanças nas profecias de Hari Seldon. Mas nem mesmo ele previu o surgimento de uma inteligência mutante capaz de transformar homens determinados em escravos obedientes: o Mulo, uma criatura extraordinária, instiga uma guerra contra a Fundação. Na continuação da saga pela salvação do conhecimento da humanidade, Isaac Asimov leva o estudo do conflito humano a um novo patamar, demonstrando que os padrões científicos podem não conseguir calcular uma variante fundamental: o comportamento humano.

 

8. Joe Hill Dark Collection v. 1

Compre o livro

SINOPSE – O livro Joe Hill Dark Collection v. 1: A Capa é a primeira parte da coletânea de histórias em quadrinhos inspiradas no universo de terror de Joe Hill. Este volume coleta duas minisséries completas deste mesmo universo, surgido em um conto de Hill. Tanto “A Capa” quanto “A Capa: 1969” tratam de como a oportunidade de acessar algo poderoso pode corromper a alma de alguém. A primeira história do livro mostra como Eric reage ao receber um dom inesperado. Sofrendo de baixa autoestima a vida toda, sobretudo em relação ao irmão, as possibilidades advindas de uma capa o mudam completamente. Já a segunda história apresenta a origem da capa que vai parar nas mãos de Eric na primeira história. Se passa no ano do título, 1969, com um soldado norte-americano em meio ao conflito no Vietnã e demonstra como os horrores da guerra geram necessidades jamais pensadas. A história saída da mente de Joe Hill é moldada para os quadrinhos pelo roteiro de Jason Ciaramella e explora a possibilidade mais realista de alguém que se vê subitamente com superpoderes: ações de vingança e benefício próprio e não de altruísmo heroico. As artes de Zach Howard (em “A Capa”) e de Nelson Dániel (“A Capa: 1969”) trabalham com traços que não são estranhos ao universo de super-heróis, mas trazem componentes realistas que ajudam a humanizar os personagens, e embasam a discussão proposta por Hill e Ciaramella, sobre a corrupção humana diante de grandes poderes. Prepare-se para ler histórias de seres superpoderosos e de capa de um jeito bastante diferente daquele que você está acostumado. As narrativas de Joe Hill Dark Collection v. 1:A Capa vão surpreender e agradar tanto a quem lê super-heróis, pela familiaridade com o mesmo universo, ainda que em outra lógica, como a leitores que não estão habituados ao gênero, pois a história atravessa o extraordinário para chegar naquilo que é extremamente humano, banal e que muitas vezes não gostaríamos de encarar em nós mesmos. A DarkSide® Graphic Novel é uma expansão do universo sombrio e fantástico da editora, lar de Charles Burns, autor de Black Hole e Big Baby, e de quadrinistas de renome como Dave McKean, Nagabe, Junji Ito, Kate Evans, Emily Carrol, Danilo Beyruth, Bernie Wrightson, Derf Backderf (de Meu Amigo Dahmer), entre outros. Se você é fanático pela arte sequencial, prepare-se para se surpreender novamente com sua velha paixão. Os que não têm o hábito de ler hqs, não vão se arrepender. Quem aposta no escuro com a DarkSide® costuma virar fã.

 

9. Os bons companheiros

Compre o livro

SINOPSE – O íntimo relato do mundo repleto de riscos do que alguns chamam de Máfia. Assim é Os Bons Companheiros, livro de não ficção escrito por Nicholas Pileggi, publicado originalmente em 1985, e base para o clássico filme dirigido por Martin Scorsese em 1990. Nele, acompanhamos a história de Henry Hill, nascido no Brooklyn, em Nova York, com mãe de origem siciliana e pai de descendência irlandesa, que já aos doze anos passa a integrar uma gangue de mafiosos da vizinhança como garoto de recados. Pileggi reconstrói a vida e trajetória de Hill com o bando controlado pela família Lucchese ― considerada a mais poderosa das cinco famílias mafiosas originais da cidade ― em detalhes fascinantes e brutais, em uma narrativa permeada de violência, loucuras, golpes e seu conhecido código de honra.