A verdadeira data de publicação de Um Estudo em Vermelho

Traduzido do site I Hear of Sherlock, texto de Mattias Boström
Tradução: Ana Paula Laux

 

Muitos sites pela rede mencionaram que 1º de dezembro é um dia que os fãs de Sherlock Holmes deveriam celebrar, uma vez que o Anuário de Natal da revista Beeton – contendo Um Estudo em Vermelho – foi publicado naquela data em 1887. Parece fazer sentido, já que o começo de dezembro seria o momento natural para um anuário de Natal chegar à banca de jornal.

No entanto, este não é o caso.

Nenhuma informação sobre a data exata pode ser encontrada no próprio Anuário, mas como é uma publicação de Natal, dezembro não seria uma suposição terrível. A primeira coisa a fazer é verificar o que os principais especialistas sobre o assunto disseram sobre isso, neste caso uma bibliografia de Arthur Conan Doyle por Richard Lancelyn Green e John Michael Gibson. Eles mencionam que o Anuário foi publicado em novembro de 1887.

Para chegar ainda mais perto de uma data exata de publicação, devemos verificar os jornais britânicos para novembro de 1887, em busca de anúncios. E o primeiro que encontramos está no Standard, 21 de novembro. Ele afirma que o Anuário de Natal da Beeton é “Apenas Pronto, em Capas de Imagens. Um Xelim”. O mesmo anúncio é então repetido no jornal em várias ocasiões nessa semana, e também pode ser encontrado em outros jornais, e o Daily News, 22 de novembro, o Yorkshire Post, 23 de novembro, e o Glasgow Herald, 24 de novembro.

 

 

O dia 21 de novembro foi uma segunda-feira, e nenhuma publicidade para o Anuário de Natal da revista Beeton pode ser encontrada no Standard durante a semana anterior. Em 1886, encontramos uma propaganda para o Anuário já na quarta-feira, 17 de novembro. E em 1885 na segunda-feira, 16 de novembro.

 

Podemos, portanto, ter certeza de que o Anuário de Natal de 1872 da Beeton não foi publicado em 1º de dezembro, ou em qualquer outra data de dezembro. Foi definitivamente lançado em novembro – provavelmente em 21 de novembro. Se publicado na semana anterior, parece estranho que o editor não o tenha anunciado.

 

Nota do editor: Mattias Bostrom, juntamente com Matt Laffey, é co-editor da série de livros Sherlock Holmes e Conan Doyle nos jornais, uma coleção exaustiva de notícias e comentários contemporâneos relacionados ao Grande Detetive e seu criador.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *