destaques

10 bibliotecas mais importantes da antiguidade


serapeu

Bibliotecas sempre fizeram parte da história da humanidade, e elas existem há bastante tempo. Você sabe dizer qual foi a primeira biblioteca do mundo? E qual delas é considerada hoje a mais importante? Selecionamos 10 monumentos do conhecimento que foram centros de cultura no passado, e que ainda hoje fascinam as pessoas que amam livros e história.

Assista também ao vídeo no Youtube

 

1. Biblioteca de Níniveantigo1
(Foto: Por , CC BY-SA 3.0)

IRAQUE – Erguida em Nívine no século 7 A.C., é considerada a primeira biblioteca do mundo. Foi construída pelo rei Assurbanipal II, e guardava um acervo de 25 mil placas de argila com textos em cuneiforme. Uma das obras mais importantes era a Epopeia de Gilgamesh (foto), uma das primeiras que se têm notícia da literatura mundial. A cidade de Nínive foi destruída em 612 A.C.

 

2. Biblioteca de Alexandriaantigo2

EGITO – Possivelmente a mais importante da história, foi destruída por um ou vários incêndios (as duas versões são sustentadas por historiadores). Acredita-se que a biblioteca guardava cerca de 700 mil rolos de papiro e pergaminhos, e que conservava as principais obras da antiguidade como documentos de Euclides, Arquimedes e Ptolomeu, entre outros. Alexandria era a cidade cultural mais importante entre os séculos III a.C. e IV d.C.

 

3. Vila dos Papirosantigo3
(Por Erik_Anderson, CC BY-SA 3.0, Commons Wikimedia)

ITÁLIA – Situada em Herculano, acredita-se que a Vila dos Papiros pertenceu ao sogro de Júlio César. Ficava bem próxima ao vulcão Vesúvio e foi enterrada pelas cinzas da erupção que devastou a região no ano de 79. Em 1754, foram descobertos cerca de 2000 rolos de papiro carbonizados onde ficava a biblioteca. Recentemente, cientistas descobriram uma maneira de ler os papiros queimados usando a tecnologia de raio-x de tomografia com contraste.

 

4. Biblioteca de Pérgamoantigo5

TURQUIA – Foi fundada no período helenístico, na antiga cidade de Pérgamo (hoje Bergama), berço do pergaminho. Acredita-se que abrigava 200 mil volumes, entre eles os manuscritos de Aristóteles. Segundo consta, Cleópatra teria recebido todos os volumes da biblioteca de presente de casamento de Marco Antônio, transferindo-os para a Biblioteca de Alexandria. Poderosa, não?

 

5. Biblioteca da Universidade de Nalandaantigo5
(Foto: Vu2sga, CC BY-SA 3.0)

ÍNDIA – Situada em Bihar, capital da Índia Oriental, é considerada a universidade mais antiga do mundo e foi um importante centro de estudos budista. Havia três grandes bibliotecas no local, a Ratnasagara, a Ratnaranjaka e a Ratnodadhi, que comportavam 9 milhões de volumes. A universidade foi erguida em 5 DC e destruída por um exército em 1193. Hoje só restam as ruínas.

 

6. Casa da Sabedoriaantigo6

IRAQUE – Inspirada na universidade persa de Jandaisapur, foi um importante núcleo intelectual e científico antigo, além de ser um centro de traduções. Situada em Bagdá, foi fundada pelo califa Harune Arraxide no início do século IX. No lugar, fazia-se a recuperação, cópia e difusão de textos sobre filosofia, ciência e astronomia. Para quem quiser conhecer um pouco mais sobre a Casa da Sabedoria, dê uma espiadinha nesse livro.

 

7. Biblioteca Imperial de Constantinoplaantigo7

TURQUIA – A maioria dos clássicos gregos que conhecemos hoje em dia são graças às cópias originárias da Biblioteca Imperial de Constantinopla. Fundada pelo Rei Constâncio II entre 337 e 361 DC, o lugar armazenou documentos dos antigos romanos e gregos por 1.000 anos após a destruição da Biblioteca de Alexandria. Ficava na atual Istambul, mas foi destruída na época das Cruzadas, no século XIII. Foi a última das grandes bibliotecas da antiguidade.

 

8. Biblioteca Apostólica Vaticanaantigo8

(Foto: Maus-Trauden, C BY-SA 3.0)

ITÁLIA – Fundada por Nicolau V em 1450, acumulou trabalhos teológicos, Bíblias e clássicos em grego e latim, além de reunir as coleções das bibliotecas dos Papas anteriores a esse período. Reúne atualmente milhões de documentos da humanidade como livros, manuscritos, incunábulos, objetos, moedas, medalhas, gravuras e desenhos. Apenas pesquisadores e pessoas credenciadas têm acesso ao conteúdo dos documentos, porém, milhares de arquivos foram digitalizados e estão disponíveis online.

 

9. Biblioteca Palafoxianaantigo9
(Foto: Grupo NVI)

MÉXICO – Ok, está não é uma biblioteca lá tão antiga. Mas merece entrar na nossa lista pois é considerada uma dos primeiros grandes acervos da América. A Palafoxiana fica na cidade mexicana de Puebla, e foi fundada em 1646 pelo bispo Juan de Palafox y Mendoza. Agrupa 41 mil livros e manuscritos, sendo que os mais antigos são datados do século 15.

 

10. Biblioteca do Mosteiro de São Bento
(Foto: Ginapsi’s blog)

BRASIL – Não somos um país tão antigo assim, mas também temos bibliotecas históricas. Fundada em 1582, na Bahia, a Biblioteca do Mosteiro de São Bento é a mais antiga do Brasil e reúne obras raras dos séculos XVI, XVII, XVIII e XIX. Com acervo de 60 mil volumes, a biblioteca é tombada pelo Patrimônio Histórico Artístico Nacional. Sessenta obras do acervo já foram digitalizadas, entre elas a coleção “Obras Completas de Luiz de Camões” e “Cartas Selectas”, de Padre Antônio Vieira (1856), e podem ser lidas online para quem tiver interesse.

(Fontes: Wikipedia, Veja, G1)

ana2

Anúncios

1 resposta »

Deixe um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s