RESENHA | A grande ilusão, Harlan Coben

MORTO OU VIVO? – Cada livro que leio um livro do Harlan Coben, gosto ainda mais das histórias dele. É um autor que consegue prender a atenção do leitor. “A Grande Ilusão” é um ótimo thriller de suspense com um final inesperado e surpreendente.

A protagonista do livro é Maya, uma ex-piloto de helicópteros que serviu o exército norte-americano no Oriente Médio, e que foi dispensada após um erro que resultou na morte de civis. No intervalo de poucos meses, Maya perde a irmã e o marido assassinados. O gatilho para a investigação acontece quando ela vê a imagem do marido em uma câmera oculta instalada na sala da sua casa, e ele está brincando com a filha deles de 2 anos. O problema é que essa imagem aparece duas semanas depois da morte dele. Isso levanta suspeitas sobre o que realmente aconteceu: Será que ele está vivo? Será que fingiu a morte? Será que há alguém tentando pregar uma peça nela?

 

“As pessoas não conseguem policiar a si mesmas quando o assunto é dinheiro e poder. Assim é a natureza humana. A gente distorce a verdade de acordo com os nossos interesses individuais.”

 

Harlan Coben vai alimentando o suspense capítulo por capítulo, oferecendo respostas em doses homeopáticas. O leitor vai descobrindo o que está acontecendo ao mesmo tempo em que a protagonista, então é impossível arriscar qualquer teoria de antemão, até porque não se tem a maioria das dicas até uns ¾ do livro. Fiquei feliz porque confirmei uma suspeita lá pela página 200 (ainda assim tá valendo hehehe).

 


Maya tem o perfil de uma mulher rígida e disciplinar porque ela sente que essa é a natureza real dela, diferente do que acredita que o “cidadão comum” esperaria de uma mulher, mãe, esposa. Ela enfrenta um conflito interno diariamente, principalmente com as memórias do que viveu na guerra, tem constantes flashbacks sobre o caso que motivou seu afastamento e, ao mesmo tempo, cria uma filha pequena e tenta coexistir num mundo que não faz ideia do que é o sofrimento que se presencia numa guerra.

Outra coisa que achei legal é que Harlan Coben usa de forma recorrente uma das frases mais clássicas de Sherlock Holmes. Maya repete o mantra várias vezes enquanto procura uma resposta para as dúvidas que vão surgindo. Quem não conhece a frase? “Depois que se excluiu o impossível, o que sobra, por mais improvável que seja, deve ser a verdade.” Mais um livro do Harlan Coben que a gente começa e não consegue parar de ler.

 

Confira a resenha em vídeo

Título: A grande ilusão
Autor: Harlan Coben
Editora: Arqueiro
Páginas: 304
Este livro no Skoob

SINOPSE – Maya Stern é uma ex-piloto de operações especiais que voltou recentemente da guerra. Um dia, ela vê uma imagem impensável capturada pela câmera escondida em sua casa: a filha de 2 anos brincando com Joe, seu falecido marido, brutalmente assassinado duas semanas antes. Tentando manter a sanidade, Maya começa a investigar, mas todas as descobertas só levantam mais dúvidas. Conforme os dias passam, ela percebe que não sabe mais em quem confiar, até que se vê diante da mais importante pergunta: é possível acreditar em tudo o que vemos com os próprios olhos, mesmo quando é algo que desejamos desesperadamente? Para encontrar a resposta, Maya precisará lidar com os segredos profundos e as mentiras de seu passado antes de encarar a inacreditável verdade sobre seu marido – e sobre si mesma.

Compartilhe aqui!
  • 2.5K
    Shares

Ana Paula Laux

Jornalista. Trabalha com curadoria de informação, gestão de mídias sociais e criação de conteúdo digital. Em 2014, lançou o e-book "Os Maiores Detetives do Mundo" (Chris Lauxx).

3 comentários em “RESENHA | A grande ilusão, Harlan Coben

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Error: Access Token is not valid or has expired. Feed will not update.
This error message is only visible to WordPress admins

There's an issue with the Instagram Access Token that you are using. Please obtain a new Access Token on the plugin's Settings page.
If you continue to have an issue with your Access Token then please see this FAQ for more information.