resenha

CRÍTICA | A Colônia, de Ezekiel Boone


aranha2

MALDITAS PERNUDAS – Aranhas “adormecidas” há mais de 1000 anos, que decidem num belo dia acordar e dar um rolê pelo planeta dominado pelos humanos. Já viu, né? Se você tem qualquer medo desses bichinhos ligeirinhos de oito pernas, vai se arrepiar com esse livro. As descrições dos ataques aracnídeos em “A Colônia” são o melhor da história escrita por Ezekiel Boone e lançada no Brasil pela editora Suma de Letras.

giphy-9

“Algo que parecia um rio preto surgiu de repente atrás dele. O homem só conseguiu ficar de joelhos antes de a massa escura o cercar e cobrir.”

 

A história trata do retorno de uma espécie antiga de aranhas, que estava em estado de hibernação milenar em vários pontos do planeta. Quando acordam desse sono profundo, elas estão bastante agitadas… e FAMINTAS. Para sorte delas, há muita comida à disposição no século 21.

 

O problema é que o prato favorito
delas SOMOS NÓS

giphy-10

A história é dividida em alguns cenários com núcleos de personagens, como os cientistas da American University em Washington, os políticos e especialistas em guerra na Casa Branca, fuzileiros na Califórnia, engenheiros do Centro de Informações Sísmicas na Índia.

No geral, contaremos com um grupo de herois manjados para nos salvar: a doutora especialista em aracnídeos e super bem resolvida Melanie Guyer, o policial com problemas de relacionamento e pau pra toda obra Mike Rich, a presidente dos Estados Unidos com nome de estrela de cinema Stephanie Pilgrim e seu chefe de Gabinete “Manny”, entre outros.

giphy-7

O livro foi claramente escrito para virar filme. É daquelas histórias com a exclusiva função de entreter, arrancar gritinhos, arrepiar pelos, fazer a gente olhar duas vezes dentro do tênis antes de enfiar o pé, passar um escovão nas bordas da patente antes de, enfim…

Em “A Colônia”, as estrelas da história são as aranhas. E elas fazem o seu papel direitinho.

star3

agosto2Título: A Colôniamaxresdefault
Autor: Ezekiel Boone
Tradutor: Leonardo Alves
Páginas: 272
Editora: Suma de Letras
Este livro no Skoob

SINOPSE – Nas profundezas de uma floresta no Peru, uma massa negra devora um turista americano. Em Mineápolis, nos Estados Unidos, um agente do FBI descobre algo terrível ao investigar a queda de um avião. Na Índia, estranhos padrões sísmicos assustam pesquisadores em um laboratório. Na China, o governo deixa uma bomba nuclear cair “acidentalmente” no próprio território. Enquanto todo tipo de incidente bizarro assola o planeta, um pacote misterioso chega em um laboratório em Washington… E algo está tentando escapar dele. O mundo está à beira de um desastre apocalíptico. Uma espécie ancestral, há muito adormecida, finalmente despertou. E a humanidade pode estar com os dias contados.

ana2

Anúncios

2 replies »

Deixe um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s