Patricia Highsmith foi mestre dos thrillers psicológicos

Mestre dos thrillers psicológicos, a escritora Patricia Highsmith morreu em 4 de fevereiro de 1995 em Locarno, na Suíça. Ela escreveu 22 romances e 8 livros de contos em cinco décadas de carreira.

Natural do Texas, Patricia era filha de artistas. Sempre teve uma relação difícil com a mãe, chegando a morar por um ano com a avó quando tinha 12 anos. Formou-se em 1942 em composição, dramaturgia e prosa de contos em inglês e, em 1950, publicou o primeiro livro, Strangers on a Train.

 

 

Sua série mais famosa é com Tom Ripley, um anti-herói presente em cinco livros. Conhecido como um notório trapaceiro, Ripley sempre consegue sair das situações mais complicadas após cometer roubos e crimes. O primeiro livro da série, O Talentoso Ripley, foi publicado em 1955. Há várias adaptações para o cinema dessa obra, entre elas a de 1960 com Alain Delon e a de 1999 com Matt Damon.

 

 

Lidando com a depressão e solidão durante toda a vida, Patricia refletia suas impressões de vida nos livros. Alguns de seus melhores companheiros eram os gatos.

 

“Eu escolho viver sozinha porque minha imaginação funciona melhor quando eu não tenho que falar com as pessoas”, disse em uma entrevista em 1991.

 

Patricia Highsmith também teve várias obras adaptadas para o cinema, como Strangers on a Train, adaptado por Alfred Hitchcock com o título de Pacto Sinistro, e mais recentemente Carol, adaptação de The Price of Salt com Cate Blanchett e Rooney Mara.

Encontre e e-books livros de Patricia Highsmith

 

[Fontes: Wikipedia – Imagem: Getty Images]

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: