Émile Gaboriau e o detetive Monsieur Lecoq, inspiração para Sherlock Holmes

 

Um policial enérgico e bastante observador. Este é Monsieur Lecoq, agente da polícia francesa conhecida como Suretè, e que lança mão de raciocínio e métodos científicos para resolver complicados casos.

 

Criação de Émile Gaboriau, Lecoq apareceu ainda como coadjuvante no livro “O Caso Lerouge”, de 1866, e é tido como um dos avôs dos detetives cerebrais.

Um prato cheio para influenciar Arthur Conan Doyle na criação de Sherlock Holmes. Monsieur Lecoq é analítico, matematicamente conciso e amante dos enigmas que desafiam sua capacidade intelectual.

Nas histórias, é o tira que busca a verdade, a solução do crime, e a aplicação da lei com a punição do malfeitor. Meticuloso, observa atentamente os detalhes, reconstituindo o crime para entendê-lo melhor. Uma marca registrada? Os disfarces.

Nas primeiras histórias, Lecoq interage com o detetive e mentor Tabaret. É apenas no livro “Monsieur Lecoq” (1869) que ele vira astro de suas investigações. Há cinco livros com Lecoq como protagonista, além de contos publicados em folhetins da época. No Brasil, apenas três títulos foram traduzidos.

O escritor francês Émile Gaboriau (Imagem: Wikipedia)

Seu criador, Émile Gaboriau, nasceu em 1832 no vilarejo de Saujon, na França. Começou a carreira literária em 1855, quando foi a Paris para trabalhar em folhetins. Foi também assistente do escritor Paul Féval, e na mesma época aprendeu a escrever contos policiais visitando prisões, necrotérios, departamentos de polícia e observando cenas de crimes.

Morreu precocemente em Paris, em 1873, de complicações pulmonares. Assim como Edgar Allan Poe, ele tinha 40 anos. Coincidência?

(Texto extraído do e-book Os Maiores Detetives do Mundo)

 

 

SOBRE O E-BOOK

Título: Os maiores detetives do mundo
Autor: Chris Lauxx
Páginas: 316
Compre o e-book

SINOPSE – O que Sherlock Holmes, Batman e Ed Mort têm em comum? Poirot, 007 e House podem pertencer ao mesmo clube? A resposta é sim, já que todos eles investigam e solucionam mistérios! Os Maiores Detetives do Mundo é uma enciclopédia pop dedicada a 60 grandes investigadores da literatura, cinema, quadrinhos, TV e games. Este guia único e completo apresenta perfis, biografias, curiosidades e inúmeras informações divertidas sobre o mundo dos detetives. Do surgimento da ficção policial à atualidade, viaje pela linha do tempo e encare os protagonistas mais durões, esquisitos e fascinantes do planeta. Desvende enigmas com Auguste Dupin e treine as células-cinzentas com Hercule Poirot. Brinde em Paris com o comissário Maigret e renda-se à majestade inglesa de Sherlock Holmes. Desvie das balas de Philip Marlowe e resista ao charme de James Bond, enquanto os serial killers de Kay Scarpetta confundem a polícia americana. As sombras da cidade não são sombras, são Batman e The Spirit lutando para manter a ordem e paz reinante. E na terra dos vikings, Wallander, Joona Lina e Lisbeth Salander revelam inimigos ocultos. Escrito com linguagem acessível e organizado em capítulos cronológicos e temáticos, Os Maiores Detetives do Mundo é o guia definitivo para quem não resiste a um bom mistério.

 

Ana Paula Laux

Jornalista. Trabalha com curadoria de informação, gestão de mídias sociais e criação de conteúdo digital. Em 2014, lançou o e-book "Os Maiores Detetives do Mundo" (Chris Lauxx). Contato: analaux@gmail.com
Compartilhe aqui!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Ana Paula Laux

Jornalista. Trabalha com curadoria de informação, gestão de mídias sociais e criação de conteúdo digital. Em 2014, lançou o e-book "Os Maiores Detetives do Mundo" (Chris Lauxx). Contato: analaux@gmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!