Andrew Scott será Tom Ripley em adaptação de Patricia Highsmith

 

O Talentoso Ripley, maior sucesso da escritora norte-americana Patricia Highsmith, vai finalmente virar uma série de TV. Segundo o site The Wrap, o canal Showtime confirmou que “Ripley” terá oito episódios e será protagonizado por Andrew Scott (o Moriarty da série Sherlock, da BBC).

Scott viverá o anti-herói Tom Ripley, um trambiqueiro que acaba viajando para a Itália com o propósito de trazer o rico Dickie Greenleaf de volta aos Estados Unidos, a pedido do pai dele. Segundo a autora o classificava, Ripley é “um vigarista suave, agradável e totalmente amoral, além de um assassino em série que consegue fugir da justiça”.

No cinema, Ripley já foi vivido por Alain Delon em 1959, e mais recentemente por Matt Damon em 1999. Ele aparece em cinco livros de Patricia Highsmith, todos escritos entre 1955 e 1991.

A série terá direção de Steven Zaillian, vencedor do Oscar de melhor roteiro em 1994 pelo filme A Lista de Schindler. Ainda não há previsão de estreia.

 

Conheça o livro

 

SOBRE O LIVRO

Título: O talentoso Ripley
Autora: Patricia Highsmith
Tradução: Álvaro Hattnher
Páginas: 296
Editora: Companhia das Letras
Compre o livro/e-book

SINOPSE – Tom Ripley sobrevive de trambiques em Nova York. Ele é especialista em forjar documentos, além de ter um talento extraordinário para imitar personalidades e características pessoais. Vive tentando escapar das investidas da polícia nova- -iorquina, enquanto sonha com uma vida fácil. Certo dia, o milionário senhor Greenleaf o procura, supondo que Ripley seja um grande amigo de seu filho Dickie. Greenleaf lhe oferece uma viagem à Europa para tentar trazer Dickie de volta aos Estados Unidos – o rapaz leva uma vida mansa no litoral italiano, longe da família. Ripley aceita a missão e começa a fazer planos de como aproveitar a viagem e se dar bem na Europa. Na Itália, encontra Dickie e a vizinha Marge, com quem vai estabelecer um triângulo de amizade. Dickie alimenta a ambição de se tornar pintor e Marge, apaixonada por ele, está às voltas com a escrita de seu primeiro romance. Aos poucos, Ripley desenvolve uma relação doentia e sedutora com o novo amigo: adota os mesmos gostos e começa a usar as roupas de Dickie, que passa então a rejeitá-lo. Acuado, Ripley reage de forma imprevisível. O talentoso Ripley (1955) é um clássico da literatura policial. O livro ganhou duas versões para o cinema: a primeira, feita em 1959 pelo diretor René Clémente, tinha Alain Delon no papel de Ripley e, no Brasil, ganhou o título de O sol por testemunha; a segunda, com Matt Damon no papel principal, filmada por Anthony Minghella em 1999, recebeu o nome de O talentoso Ripley.

 

(Imagem: Divulgação)

Ana Paula Laux

Jornalista. Trabalha com curadoria de informação, gestão de mídias sociais e criação de conteúdo digital. Em 2014, lançou o e-book "Os Maiores Detetives do Mundo" (Chris Lauxx). Contato: analaux@gmail.com
Compartilhe aqui!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Ana Paula Laux

Jornalista. Trabalha com curadoria de informação, gestão de mídias sociais e criação de conteúdo digital. Em 2014, lançou o e-book "Os Maiores Detetives do Mundo" (Chris Lauxx). Contato: analaux@gmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!