Estúdio divulga data de estreia de Morte no Nilo nos cinemas

Estúdio divulga data de estreia de Morte no Nilo nos cinemas

 

Depois de inúmeros cancelamentos em virtude da pandemia do novo coronavírus, uma nova data de estreia de Morte no Nilo foi divulgada pelo 20th Century Studios.

Segundo o site Entertainment Weekly, a adaptação do clássico de Agatha Christie será lançada apenas em 17 de setembro de 2021 nos cinemas, praticamente 1 ano após o lançamento original, que era em outubro de 2020.

A escolha da data dá a entender que a preferência de Kenneth Branagh, diretor e intérprete do detetive Poirot, seja a de garantir uma estreia exclusiva nos cinemas, ao contrário de algumas produções que acabaram sendo lançadas este ano em plataformas de streaming como Netflix e Amazon Prime, por causa do fechamento das salas de cinema.

Morte no Nilo, o livro, foi originalmente publicado em 1937 e é um dos livros mais populares de Agatha Christie com seu detetive Poirot.

Esta é a terceira adaptação da história para as telas, seguida de um filme de 1978 com Peter Ustinov, e o episódio de 2004 da série Agatha Christie’s Poirot, com David Suchet vivendo o pequeno belga.

Encontre livros e e-books de Agatha Christie

 

Conheça Morte no Nilo (sem spoilers)

Inscreva-se no canal

 

SOBRE O LIVRO

Título: Morte no Nilo
Autora: Agatha Christie
Tradução: Bruno Alexander
Páginas: 304
Editora: L&PM Pocket
Compre o livro/e-book

SINOPSE – “Morte no Nilo” é um dos mais célebres romances de Agatha Christie e  um dos mais famosos mistérios protagonizados por Hercule Poirot. A própria autora afirma no prólogo: “é um de meus melhores livros sobre ‘viagens internacionais'”. Inspirado em uma de suas estadias no Egito, conta a história de Linnet Ridgeway, uma jovem que parece ter tudo: beleza, dinheiro, inteligência e talento para os negócios. Mas, ao partir com seu noivo, Simon Doyle, para um cruzeiro exótico no rio Nilo, ela descobre que também tem… inimigos. Quando um crime é cometido a bordo, a suspeita recai sobre a ex-namorada de Simon. O álibi da moça, porém, é incontestável. O mistério parece insolúvel até que Hercule Poirot, de férias no mesmo navio, intervém de maneira a mudar totalmente o rumo da história…