8 curiosidades sobre HP Lovecraft, o ícone do terror

VIVENDO NO PESADELO – Autor reverenciado por gente como Stephen King, HP Lovecraft não teve todo o reconhecimento em vida como tem em morte (assim como Edgar Allan Poe, o qual ele era fã). Nascido em agosto de 1890 nos Estados Unidos, ele cresceu na geração posterior a de Poe, passou por várias dificuldades entre problemas na família e doenças, e se rendeu aos pesadelos para criar obras que assustam até hoje os leitores. O fã do autor vai encontrar vários contos e novelas de HP Lovecraft na edição especial “Medo Clássico”, da Darkside Books.

 

 

Para conhecer melhor um dos grandes autores do gênero do terror, fomos investigar tudo sobre a vida do menino Howard Philips Lovecraft. Veja 8 curiosidades que destacamos.

 
1. Seu avô o apresentou ao terror gótico

Quando tinha três anos, o pai de Lovecraft sofreu um colapso nervoso e foi internado em um hospital onde permaneceu até a morte, em 1898. O pequeno Love foi criado e educado pela mãe, pelas tias e pelo avô, um industrial chamado Whipple Van Buren Phillips, que apresentou várias leituras clássicas ao neto e também as preciosas histórias de terror que o acompanhariam por toda a vida.

 

2. Não recebeu o diploma da escola

Apesar de ser um aluno aplicado, Lovecraft não conseguiu receber o diploma de graduação do ensino médio. O fato não teve a nada a ver com suas notas mas com um colapso nervoso que sofreu, o impedindo de terminar a escola e tentar uma vaga na universidade (consta que esse episódio o traumatizou para o resto da vida). Fato mais irônico é que, mesmo diante dessas privações, ele conseguiu marcar seu nome na história como poucos fizeram.

 

3. Morreu jovem

Em 15 de março de 1937, HP Lovecraft dava seu último suspiro. Com câncer no intestino e sofrendo dores intensas, morreu cinco dias após se internar no Hospital Memorial Jane Brown, em Providence. Ele tinha apenas 46 anos.

 

4. Criou um universo só seu

[Imagem: The Game of Nerds]
Em seus contos, ele criou um universo repleto de monstros e seres fantásticos também conhecido como Mitos de Cthulhu. A história se originou a partir do conto de terror “O Chamado de Cthulhu”, publicado em 1928, sobre um ser alienígena que habitaria a Terra antes da existência da vida no planeta.

 

5. Era fã do Poe

Já foi dito na introdução, mas nunca é demais repetir. HP Lovecraft era fã de Edgar Allan Poe, tanto que até escreveu um poema para ele. O nome: “Where Once Poe Walked”. Dá uma olhadinha aqui.

 

6. Não gostava de Nova Iorque

Após se casar com Sonia Greene, Lovecraft se mudou para o apartamento da esposa no Brooklyn, em Nova Iorque. Suas experiências não foram tão afáveis na Big Apple. A loja de chapéus que ele gerenciava na Quinta Avenida faliu, ele não assumiu o posto de editor na revista Weird Tales e a saúde da esposa ficou tão ruim que ela precisou ser internada em um sanatório. Em 1929 ele voltou para sua cidade natal, Providence, dando goodbye para sempre para NY City.

 

7. Amava poesia

Até os 27 anos Lovecraft só escreveu poesias. Não seria difícil de perceber o seu amor pelo texto lírico, já que desde os dois anos ele recitava poemas e aos seis já se aventurava em escrever as próprias rimas. Garoto precoce.

 

8. Foi amigo do autor de Conan, O Bárbaro

Após o divórcio, Lovecraft se envolveu profundamente na literatura. Ele se correspondia por cartas com frequência com autores de terror e horror no país, entre eles Robert E. Howard, que mais tarde ficou conhecido por ter escrito “Conan, O Bárbaro”.

Um comentário em “8 curiosidades sobre HP Lovecraft, o ícone do terror

  • maio 12, 2018 em 6:48 pm
    Permalink

    O círculo de amizades de Lovecraft é sensacional, autores de categoria. Aliás, tudo nele é sensacional. Não é à toa que ele é o meu autor preferido.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *